Jornalista do O Dia acusa Anitta de distorcer ações internacionais: “Ela e sua equipe de imprensa tem distorcido a realidade”

Jornalista do O Dia acusa Anitta de distorcer ações internacionais: “Ela e sua equipe de imprensa tem distorcido a realidade”

Anitta tem corrido atrás de ações capazes de impactar sua carreira nos Estados Unidos e após comparecer ao MTV Video Music Awards, estrelar uma campanha publicitária para o Burger King e ser convidada ao MET Gala, tudo isso em menos de 30 dias, a brasileira começou a ser questionada por suas conquistas.

A jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, publicou uma nota em sua coluna editorial, falando sobre as ações internacionais de Anitta, alegando que a carioca estaria possivelmente manipulado algumas informações ao seu favor para tirar proveito da situação: “Ela é boa em criar histórias, nem que para isso tenha que pagar ou modificar os fatos a seu favor.”, disparou Fábia.

>>> Anitta revela que não foi convidada para se apresentar no Rock In Rio Brasil em 2022

A moça começa trazendo como pauta, a famosa colaboração entre Madonna e Anitta, “Faz Gostoso”, presente no mais recente álbum da Rainha do POP, o “Madame X”. Sobre o tal feat. Fábia afirma que a carioca teria paga pela participação, sem apresentar provas do suposta negociação.

“Vamos a alguns fatos: ao contrário do que foi ventilado, o dueto entre Anitta e Madonna foi pago – claro que pela brasileira. Essa prática acontece muito nos Estados Unidos. Já no Brasil sempre se deixou no ar como se a rainha do pop tivesse se interessado pela funkeira.”

>>> Anitta explica adiamento de “Girl From Rio”: Aconteceu oportunidade de trabalhar com pessoas que a gente não imaginava”

Apesar da declaração de Fábia, vale lembrar que Madonna fala sobre a produção de “Faz Gostoso” em seu documentário “The World Of Madame X”, onde afirma que acabou conhecendo a carioca por coincidência e após isso, decidiram fazer a música juntas. Madge fala sobre o processo de criação da faixa aos 15 minutos e 40 segundos.

Inclusive a informação foi corroborada pela própria Anitta, em uma entrevista para a Mix Fm, onde a artista fala de como recebeu a proposta de Madonna:

Fábia Oliveira também teceu críticas sobre as aparições de Anitta no VMA e no MET Gala, que segundo a jornalista, também foram ações de marketing.

A apresentação no comercial do VMA, na verdade, foi uma parceria com uma gigante do fast food. Então, o papo de Anitta e sua assessoria dizendo que ela foi a primeira brasileira a se apresentar no VMA, caiu por terra. Logo a cantora pode descer seu tom arrogante como se estivesse abrindo clareira para outras. Afinal, apresentação no break é comprado por anunciante não vale, não é mesmo?”, escreveu Fábia.

>>> Imprensa internacional aclama vestido utilizado por Anitta no VMAs 2021: “Canalizou o glamour da velha Hollywood”

Já no MET, evento onde Anitta também compareceu, a jornalista revelou que foi tudo graças ao estilista e designer de sapatos de luxo, Alexandre Birman, que teria comprado uma mesa no evento de gala e convidou Anitta.

No Met Gala, a cantora só esteve presente porque foi convidada por Alexandre Birman, que possuiu uma mesa paga no evento. Anitta, que adora tirar fotos, podia postar a dela com Ana Wintour, já que a intérprete de show das poderosas vem querendo demonstrar ter intimidade.

Sobrou até pra assessoria de imprensa de Anitta, a BPM Com, que foi acusada de “distorcer a realidade”:

“Todo mundo tem o direito de querer se promover, mas Anitta e sua equipe de imprensa tem exagerado na distorção da realidade e acha que a imprensa brasileira não tem percebido essa postura pouco ética. Há boatos, que essa coluna vem averiguando, que a história contada pela cantora e sua assessoria sobre a estátua de Anitta no famoso museu de cera Madame Tussauds não é bem a que foi contada.”

O Portal Famosos Brasil procurou a assessoria de Anitta para falar sobre as acusações, que até o fechamento desta matéria não se pronunciou.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<