J.K. Rowling começa a seguir uma das feministas radicais anti-trans mais odiadas e agressivas do Twitter

Não estamos aqui para incitar o ódio a escritora, estamos apenas relatando o que está ocorrendo em sua própria rede social, oficial.

Infelizmente vamos publicar que a autora britânica J.K. Rowling, responsável por todo o universo mágico de “Harry Potter” e seus derivados, começou a seguir recentemente uma feminista transfóbica em seu perfil oficial no Twitter.

J.K. Rowling começa a seguir uma das feministas radicais anti-trans mais odiadas e agressivas do Twitter


Chamada Magdalen Berns, ela é considerada por muitos como uma das feministas radicais anti-trans mais odiosas e agressivas na rede social, divulgando campanhas e incentivando pessoas a não inclusão da população trans em meios governamentais e etc.

Vale ressaltar que em 2018, Rowling foi acusada de transfobia por curtir tweets que repudiavam a comunidade. Na época, devido a grande repercussão do ocorrido, J.K. veio a publico comentar que esses likes foram acidentais.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<