IMPARÁVEL! Próximo do Oscars, "Shallow" de Lady Gaga retorna com tudo ao topo do iTunes USA e barra lançamentos recentes

Lady Gaga, você é mais do que lendária!

Que “Shallow” é um grande hit, todos sabem. Agora que a música está se saindo muito melhor do que muitos outros recentes lançamentos de artistas importantes, aí já e diferente!

Mesmo com faixas como “Please Me” de Cardi B e Bruno Mars, “7 Rings” de Ariana Grande e ainda “365” de Katy Perry e Zedd no páreo pelo topo do iTunes dos Estados Unidos, Gaga retornou com o carro-chefe da trilha sonora de “Nasce Uma Estrela” com tudo no começo desta semana.

A música em questão também teve um salto de streams nos últimos sete dias desde o Grammys. Segundo o Hits Daily Double – que também afirmou na mesma publicação que um disco novo dela está a caminho – “Shallow” passou de 4,3 milhões de reproduções/dia para 6,4 nesta segunda. Estima-se ainda que a canção já tenha vendido cerca de 1,75 milhões de cópias (sem streams) o que é um grande avanço quando falamos em uma era dominada pelas plataformas pagas de música.

Vale lembrar que a trilha sonora de “Nasce Uma Estrela”, segundo o HDD, já se aproxima de 4 milhões de cópias em todo o mundo, número impressionante que é diretamente proporcional a aclamação das faixas e os prêmios levados, junto da bilheteria: mais de 420 milhões de dólares arrecadados em um orçamento de 40 milhões.

No ranking digital global digital, Gaga “briga” com Ariana Grande pelo topo, com a diferença que ela concentra a maior quantidade de #1s nas lojas digitais, enquanto Ariana domina os streamings.

Falando no iTunes, “Shallow” apresenta atualmente cerca de 22 #1s ao redor do mundo: nos EUA, Austrália, Brasil, Canadá, França, Grécia, Portugal e muitos outros países. Já a trilha sonora conta com 10 #1’s, se mantendo em #2 nos Estados Unidos e em #2 no Reino Unido, os maiores mercados de música digital.

“Shallow” deve levar o Oscars de “Melhor Canção Original” no próximo domingo (24) se consagrando ainda mais nos charts em sua estabilidade graças também a performance que Gaga e Bradley farão juntos.

Na hot 100 dos Estados Unidos, a canção se encontra em #24.

Parabéns, Gaga!