Iggy Azalea admite que odeia algumas de suas músicas

Uma das artistas mais injustiçadas do mundo fonográfico, Iggy Azalea vem sofrendo com a concorrência nos streamings e a falta de uma gravadora para lançar seus projetos de maneira sólida. Uma prova disso é o lançamento morno do seu álbum “In My Defense”, além de alguns outros singles que a rapper lançou nos últimos anos.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/injusticados-listamos-alguns-albuns-que-merecem-mais-atencao-em-2019/

Dessa vez, em uma entrevista recente com Delish, Iggy foi questionada se já odiou sua própria música. Ela admitiu que há várias faixas em seu catálogo que não envelheceram bem, como “Work”, “Black Widow” e “Bounce”.

“Claro que eu fico cansado das minhas próprias músicas. Na verdade, algumas delas eu odeio. Algumas músicas que eu faço e depois não envelhecem bem, e como um ano ou dois depois, eu estou tipo ‘ugh, o que eu estava pensando?’ Algumas das músicas que eu decido que odeio, ainda tenho que tocar porque os fãs querem ouvi-las. Então, sim, eu me cansei de uma música. Muitas músicas.”

E, embora suas faixas recentes não tenham apresentado o mesmo sucesso nas paradas dos seus hits passados, a cantora está convencida de que vai “continuar lutando” até que esteja pronta para desistir.

“Eu acho que às vezes me sinto derrotado porque olho para o gráfico e vejo o quanto o streaming o afeta, e penso: ‘Como posso ganhar quando estou contra isso?’ Mas também me sinto como: ‘Ok, e?’ Existem duas opções, saia. Ou cale a boca e continue lutando. Então, vou continuar lutando!”

Recentemente, Iggy passou um tempo em um centro de saúde mental no Arizona, depois que sua equipe de gerência ficou preocupada que ela “morresse” em vida.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/iggy-azalea-fala-sobre-o-preco-da-fama-e-saude-mental-em-entrevista-a-cosmopolitan/