Idolator aclama “Witness” de Katy Perry, após ter massacrado a era no passado

Justiça para o “Witness”? Após anos sendo considerado o pior álbum de Katy Perry, alguns sites de críticas especializadas voltaram atrás e estão considerando rever tais afirmações. Este é o caso do site norte-americano Idolator, que está aclamando a antiga era da cantora.

Em 2017, após o lançamento do álbum, o site detonou o trabalho da interprete de “Dark Horse”. Sendo chamado de confuso, bagunçado e uma mistura de sons ruins, o disco da cantora não teve nenhuma chance de receber críticas boas, até agora.

Em recente publicação, o Idolator exalta o antigo trabalho de Katy Perry, dizendo que a antiga era pode ser considerada um marco no pop:

“’Witness’ será considerada uma das eras pop mais loucas dos últimos dez anos. Sim, sou uma testemunha orgulhosa. Este álbum foi a obra de referência dos meus sonhos nos anos 90, com alguns momentos de pesadelo espalhados para manter as coisas interessantes. A era subestimada também nos deu alguns dos looks mais infames de Katy. Do conjunto um pouco aterrorizante que ela usava, o MET Gala e aquele body de lantejoulas de Glastonbury, o ícone pop sempre presente”.

Em junho, o álbum completará três anos de lançamento. Entre as músicas mais famosas do disco temos “Chained to the Rhythm”, “Bon appétit” com Migos, “Swish Swish” com Nicki Minaj, e “Hey Hey Hey”. Conheça o videoclipe do lead single: