Há nove anos Lady Gaga lançava o polêmico videoclipe de “Judas”; relembre

Há exatos nove anos, Lady Gaga, no dia 05 de maio de 2011, voltou a chocar o mundo com mais um clipe polêmico relacionado a religião. Após Alejandro, a cantora estava sendo mais uma vez, severamente criticada pelo clipe de “Judas”.

Em entrevista, Gaga disse que a canção falava sobre se apaixonar pelo homem errado, diversas vezes, e afirmou que também tratava sobre honrar a sua escuridão interior, de modo de se levar para a luz.

Na época do clipe, Lady Gaga fez diversas declarações sobre o significado da canção, em outra entrevista, ela revelou que a faixa tratava das visões tradicionais do que uma mulher deveria ser. Segundo a cantora, “Judas” é uma menção aos incidentes que te assombraram no passado, a inspiração para composição foram às partes negativas de sua vida.

As polêmicas geradas por “Judas” são tantas, primeiro, Gaga anunciou o lançamento do single para o dia 19 de Abril, data essa, que caiu exatamente na terça-feira da Semana Santa de 2011. Nesse momento, grandes grupos religiosos se voltaram contra Gaga. Em entrevista ao “Hollywood Life”, um lider católico disse que a cantora estava cada vez mais irrelevante, e que a escolha da data foi proposital para chamar atenção.

Depois, “Judas” recebeu acusação de Plágio por Rebecca Francescatti, a cantora abriu um processo contra Gaga e a Interscope, por acreditar que sua faixa “Juda” foi plagiada por Gaga. A canção de Francescatti está presente em seu disco “It’s All About You”. Porém, em 2014 o processo foi arquivado após o juiz afirmar que não há semelhanças entre as músicas.

Com o lançamento do clipe, novas polêmicas surgiram. O videoclipe teve sua estreia no dia 5 de maio, sendo dirigido pela própria Gaga, e sua antiga diretora criativa e coreografa, Laurieann Gibson. Filmado em abril de 2011, o projeto apresenta Gaga em uma trama bíblica onde o ator Reedus interpreta Judas Iscariotes e a cantora interpreta Maria Madalena.

Na Obra, Lady Gaga se caracteriza-os como uma missionária dos dias modernos, indo a Jerusalém. O clipe revive a história bíblica de Judas traindo Jesus. Diferente da histórica original, o vídeo de “Judas”, não termina com a morte de Jesus, ou de Judas e sim de Gaga, nesse caso Maria Madalena sendo apedrejada até a morte.

Gaga contou em uma entrevista para o canal E! News, que incluiu a cena do apedrejamento, porque sabia que o público iria apedrejá-la por causa do vídeo, e também sendo uma metáfora sobre a Igreja não considerar Maria Madalena como uma apóstola.

Confira o clipe: