Há menos de 2 meses do Super Bowl, o Maroon 5 ainda não conseguiu encontrar artistas que queiram participar da apresentação da banda no Halftime

Bastou apenas uma polêmica para que o Halftime do Super Bowl, show de intervalo do evento esportivo da NFL, passasse do mais cobiçado espaço de divulgação de um artista a seu trabalho e consagração como uma grande estrela para mais de 100 milhões de telespectadores para a última e mais “queimação de filme” opção dos artistas.

Depois de Colin Kaepernick, um dos grandes jogadores de futebol americano da liga, ficar sentado durante a execução do hino nacional em um dos jogos em protesto contra a injustiça contra negros nos EUA e posteriormente ser demitido do time que participava, as coisas ficaram ruins para o lado da NFL. Nenhum artista quer se envolver com o Super Bowl em favor do Colin e sua causa, e isso inclui Rihanna, Cardi B e dentre tantos outros.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/segundo-revista-cardi-b-teria-recusado-convite-do-maroon-5-para-o-super-bowl-e-banda-esta-com-dificuldade-para-conseguir-convidados/

Maroon 5 é a banda responsável por entreter o público no dia 3 de fevereiro em Atlanta, curiosamente a capital da música negra nos EUA atualmente, porém, ainda não encontrou artistas que queiram participar da apresentação devido a polêmica… e convites não faltaram!

Segundo a Variety, mais de 6 artistas negaram o convite do grupo de Adam Levine a favor de Colin e a sua causa, e isso inclui a própria Cardi – que interpreta Girls Like You – Andre 3000, Mary J. Blige, Lauryn Hill, Usher e Nicki Minaj.

A situação está bem complicada até porque são menos de 2 meses até a apresentação acontecer o intervalo da final do mais importante campeonato de futebol americano nos EUA. No total são 15 minutos de performance, que geralmente traz convidados especiais para segurar a audiência gigantesca dentro e fora dos Estados Unidos e no próprio estádio.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/peticao-exigindo-que-maroon-5-desista-do-halftime-show-do-super-bowl-recebe-mais-de-35-mil-assinaturas/

E mais ainda, quem irá interpretar o hino nacional dos Estados Unidos durante o jogo, o epicentro da discussão em torno da atitude de Colin e as consequências disso para a população norte-americana?

Este ano, P!nk foi a responsável pelo hino e Justin Timberlake pela apresentação no Intervalo.

A situação está bem complicada.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<