Há dois anos, Taylor Swift nos ensinava a amar direto do topo da Billboard 200 com o álbum “Lover”

Há dois anos, Taylor Swift nos ensinava a amar direto do topo da Billboard 200 com o álbum “Lover”

Há exatos dois anos, Taylor Swift nos ensinava a amar direto do topo da Billboard 200 com o “Lover”, seu sétimo álbum em estúdio, lançado originalmente em 23 de agosto de 2019.

Assim como de costume, as estreias da Miss Americana são um grande evento em todo o mundo, uma vez que Swift é conhecida por estourar em vendas na primeira semana. Com o projeto, não foi diferente: quase 900 mil unidades adquiridas em seu debute. Grandes números não são novidades para a intérprete, que já vendeu – apenas na primeira semana – mais de 1.200 milhões de cópias com o “reputation”, de 2017.

“Lover” estreou em primeiro lugar na Billboard 200, o ranking norte-americano que mede o sucesso de discos no país, se mantendo lá até hoje, dois anos após seu lançamento oficial. Atualmente, ocupa a 64° posição do chart.

A superprodução musical é assinada inteiramente por Taylor Swift, junto de seu conhecido colega de trabalho e amigo Jack Antonoff, Conta com 18 faixas e foi distribuído em escala global em versões tradicional e deluxe, contendo partes do diário pessoal da cantora enquanto adolescente.

No Metacritic, a avaliação da crítica especializada foi positiva. O disco recebeu 79/100. A maior nota na plataforma vai para o “folklore”, com 88, de 2020. “evermore”, do mesmo ano, vem logo atrás, com 85.

Entre tantas faixas apaixonantes e inesquecíveis, fica difícil dizer, mas conta pra gente qual a sua favorita do “Lover” direto das redes sociais do Portal Famosos Brasil. Esperamos por você!

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<