Há 30 anos, Mariah Carey lançava seu primeiro álbum, o auto-intitulado “Mariah Carey”; relembre:

No dia 12 de junho de 1990, Mariah Carey lançava seu primeiro álbum, o auto-intitulado “Mariah Carey”. O disco marcou os anos 90, indicado como “Álbum do Ano” no Grammy, ele continha uma variedade de gêneros contemporâneos, as canções possuem uma mistura de baladas com dance music.

Na época, as vendas iniciais começaram lentas, mas com o passar dos dias, a popularidade de Carey e do álbum começaram a crescer. Logo, o álbum alcançou o topo da tabela musical Billboard 200, após Mariah performar “Visions Of Love” na edição do Grammy 1991, a canção permaneceu no topo da tabela por onze semanas consecutivas.

“Mariah Carey” recebeu o certificado de platina nove vezes, pela Recording Industry Association of America (RIAA), registando mais de nove milhões de cópias vendidas apenas nos Estados Unidos. Mundialmente, o disco já vendeu mais de 15 milhões de cópias.

Mostrando todo seu poder logo no primeiro disco, Mariah lançou cinco singles, quatro deles alcançaram o número um, na tabela musical: Billboard Hot 100. “Vision of Love”, “Love Takes Time”, “Someday”, “I Don’t Wanna Cry” e “There’s Got to Be a Way”, foram os singles do álbum.

Há 30 anos, o álbum atingiu a 27° posição no Year End Chart da Billboard. Em 1991, Carey participou do Grammy Awards, tendo sido indicada em cinco categorias na premiações. A cantora acabou levando apenas duas estatuetas, por “Artista Revelação” e “Melhor Performance Vocal Pop Feminina”

Ouça o álbum: