Há 13 anos, Beyoncé lançava seu hino atemporal "Irreplaceable"; relembre

O ano era 2006 e as rádios do mundo inteiro ouviam o mais novo lançamento de Beyoncé, a terceira música de trabalho do álbum “B’Day“, composta por Ne-Yo, chegava para ensinar as pessoas o que fazer durante uma separação.

A icônica “Irreplaceable” grudou na cabeça das pessoas e não tinha uma pessoa se quer que não cantasse o verso “To the left, to the left” ou como ficou popularizado no Brasil “tira o leite, tira o leite”.

A música ficou em primeiro lugar na Billboard Hot 100 por 12 semanas seguida, se tornou o segundo maior lançamento na carreira da diva, perdendo apenas para “Crazy in Love“. O sucesso foi eleito pela Rolling Stone como uma das 100 melhores músicas da década de 2000.

Como se não bastasse todo o reconhecimento a canção ainda ganhou um Soul Train Music Award, um Kid’s Choice Award, além de um BET Awards como “Vídeo do Ano” e um Grammy Awards por “Música do Ano”.

Em 2007 a faixa ganhou uma releitura em espanhol para o relançamento do álbum “B’Day (Deluxe Edition)”, a faixa cantada totalmente no idioma latino foi intitulada “Irreemplazable” e ganhou um remix em Norteña, ritmo latino.

Relembre o icônico clipe de “Irreplaceable“: