“Grey’s Anatomy” vai abordar a pandemia de Covid-19 em sua nova temporada; confira

A série “Grey’s Anatomy”, em sua 17ª temporada, vai abordar a atual pandemia causado pelo coronavírus no hospital Grey Sloan Memorial. Isso foi revelado pela produtora executiva da série, Krista Vernoff, durante um evento virtual que foi promovido pela Academia do Emmy, nesta terça-feira (21).

A produtora disse que os escritores do programa estão se reunindo com médicos da vida real, que compartilharam suas histórias sobre lidar com a pandemia de Covid-19. 

“Todo ano, temos médicos que vêm nos contar suas histórias, e geralmente eles contam suas histórias mais engraçadas e loucas. Este ano, parece mais uma terapia”, explicou ele.

Vernoff acrescentou que tem sido realmente doloroso ouvir sobre o sofrimento que pacientes e profissionais de saúde estão experimentando durante a pandemia.

“Os médicos entram e somos as primeiras pessoas com quem estão conversando sobre esses tipos de experiências. Eles estão literalmente tremendo e tentando não chorar, estão pálidos e estão falando sobre isso como guerra, uma guerra para a qual eles não foram treinados. E essa tem sido uma de nossas grandes conversas sobre Owen, é que ele realmente foi treinado para isso de uma maneira que a maioria dos outros médicos não é “.

Mesmo sem começar as filmagens para a nova temporada por conta da pandemia, Vernoff diz que os roteiristas estão trabalhando duro para criar histórias que não fujam do esquema da série.

“Nossas conversas têm sido constantemente sobre como mantemos vivo o humor e o romance enquanto contamos essas histórias realmente dolorosas”.

A entrevista será disponibilizada em breve no canal oficial da Television Academy no YouTube, às 21 horas.