Fãs questionam YouTube por não censurar “Bandido” de Zé Felipe e aplicar censura em “Bandida”, de Pabllo Vittar e Pocah

Internautas já vinham notando um certo tipo de “padrão” em censuras aplicadas pelo YouTube em vídeos de sua plataforma, principalmente em clipes femininos ou de pessoas LGBTQIA+.

Diversas artistas femininas e artistas LGBTQIA+ já tiveram videoclipes censurados na plataforma e um dos casos que chamaram a atenção, foi o videoclipe de Pabllo Vittar e Pocah, a faixa “Bandida”. Na época, quando fãs procuraram pelo clipe no YouTube, o clipe não era exibido na pesquisa principal e tal ação revoltou os fãs de Vittar e Pocah, que levantaram hashtags em protesto contra a plataforma de vídeos.

>>> Após estreia no YouTube, “Bandida” de Pabllo Vittar e Pocah sofre restrição no YouTube

Para ser exibido novamente, a equipe de Pabllo precisou censurar o nome do vídeo de “Bandida” para “Bandid*, mas parece que o cantor sertanejo Zé Filipe não precisou apelar para nenhuma dessas táticas.

Nesta semana, o rapaz lançou em colaboração com MC Mari a faixa “Bandido” e fãs notaram que o YouTube não aplicou nenhum tipo de restrição no clipe de Zé.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets