Fãs de K-pop se unem ao movimento antirracismo e ofuscam hashtag de supremacia branca

Você deve ter reparado que ontem (02) vários perfis no Instagram começaram a postar quadrados pretos no feed. Então, isso fazia parte do “Blackout Tuesday”, um movimento criado como forma de chamara atenção e dar voz a pessoas negras. Porém, supremacistas brancos decidiram confrontar grande parte do mundo e criaram hashtags racistas para atrapalhar o movimento.

O que eles não esperavam é que fãs de K-pop se uniriam para boicotar essa ideia e ofuscar hashtags como “White Lives Matter” (vidas brancas importam) e “Whiteout Tuesday”, (terça-feira branca). A ideia era postar quadrados brancos e várias frases racistas em seus perfis, mas os fãs da música coreana “atrapalharam” essa ideia.

Os famosos fancams, que são aquelas filmagens feita por fãs, foram postados com as hashtags, ofuscando as postagens com os quadrados brancos racistas. Milhares de vídeos foram publicados, então caso alguém entre na tag, dará de cara com vários vídeos de k-popers e não conteúdos preconceituosos.

Essa não foi a primeira vez que os fãs dos artistas coreanos se mobilizaram em prol dos movimentos antirracismo. No último domingo (31), as fancams também foram usadas como forma de boicotar um projeto da polícia de Dallas. A ideia proposta pelos agentes era de que as pessoas mandassem vídeos de “atividades ilegais em protestos” para o aplicativo, só que com a quantidade de fancams recebidas, o app saiu do ar.

E você também pode ajudar diretamente de sua casa. Várias petições estão disponíveis na internet, pedindo justiça em vários casos de racismo e violência policial, no Brasil e no mundo. Na thread abaixa foi reunida várias delas, assine e ajude: