Estrela de “Mulan”, Tzi Ma, insiste que versão live-action da Disney é superior à animação

Após os sucessos de “Aladdin” e “O Rei Leão”, a próxima adaptação live-action da Disney é “Mulan”, que será lançada no próximo ano.

Tzi Ma – que já apareceu em filmes como “A Chegada” e “The Farewell” – interpreta o pai de Mulan. Em entrevista, comentou que parece certo o filme seguir a lenda de Hua Mulan, em vez de ser uma adaptação direta da animação, e compartilhou sua crença de que o filme de 2020 é “superior” à famosa animação.

“Este não é um remake da animação”, disse ele, “Isso provavelmente seria decepcionante para algumas pessoas lá fora, já que a animação foi tão bem recebida. Acredito que este live-action é superior à animação, muito por causa da liderança. Niki Caro é a diretora. Ela está trazendo este ponto de vista de uma mulher, que a história precisa, porque esse filme é sobre uma mulher guerreira”.

E complementa:

“Liu Yifei, a atriz que interpreta Mulan, é para mim uma das melhores atrizes por aí. Ela é tão envolvente e convincente que acredito que o público se apaixonará por ela à primeira vista, e a seguirão nesse misterioso tour mágico, que transportará esse público para outra época”.

O primeiro trailer foi bem recebido, mas algumas pessoas nas mídias sociais expressaram decepção com a falta do dragão Mushu, um personagem da animação. Além de o filme de live-action não ser um remake, Ma acha que Mushu não funcionaria para a história que eles estão contando por um motivo adicional.

Mushu é um dragão, e um dragão é provavelmente uma energia predominantemente masculina, e estamos falando de uma mulher guerreira”. Eu acho que outro animal místico seria mais apropriado para Mulan do que um dragão. Essa é a minha opinião.”

http://5jc.0a9.myftpupload.com/assista-ao-primeiro-trailer-do-filme-live-action-de-mulan/

Baseado nas lendas chinesas, o filme acompanha uma jovem destemida que se disfarça de homem para combater os Invasores do Norte, no lugar de seu pai doente, convocado pelo Imperador (Jet Li).

A direção é de Niki Caro (Anne With na E). Rick Jaffa, Amanda Silver, Elizabeth Martin e Lauren Hynek roteirizaram. A diretora também deve quebrar o recorde de diretora mulher de filme com maior orçamento graças ao filme. Segundo a PursueNews, Disney reservou um orçamento de US$290 milhões para o longa.

Isso coloca a diretora Niki Caro em uma companhia muito rara. Ela é apenas a décima mulher a ter um filme cujo orçamento é superior a US$100 milhões. Brenda Chapman, de “Valente”, atualmente detém esse recorde com US$185 milhões.

A versão live-action de “Mulan” chega aos cinemas em 26 de março de 2020.