Entenda o caso!!! Felipe Neto é processado por Pastor após defender a causa LGBTQ+

Um dos maiores Youtubers do Brasil e do mundo, o carioca Felipe Neto revelou em seu perfil oficial no Twitter, que está sendo processado pela Pastor Silas Malafaia após fazer um vídeo no qual defendia a causa LGBTQ+ após Silas prometer um suposto boicote à grandes empresas que apoiam a causa.

Ainda em seu perfil oficial, Felipe comentou que estará até o fim lutando para vencer esse processo e que não se arrepende de forma alguma de defender outros seres humanos.

“Faça o bem e você provavelmente seguirá recebendo o bem. Faça o mal… e veja até quando durará seu sucesso”, comentou o Youtuber.

O vídeo em questão foi lançado em 2017, tendo como título “Disney e o Silas Malafaia”, sendo proibido para menores de 13 anos. A produção possui até o momento mais de 3 milhões de visualizações, tendo em sua descrição o seguinte comentário: “Chega de aguentar esse sujeito maligno utilizando seu séquito de seguidores para destruir e fazer o mal”.

Após o Pastor ter sido exposto no Twitter de Felipe, nossa madrinha Samira Close comentou, o parabenizando por sair em defesa da classe LGBTQ+ demonstrando estar bem feliz com o mesmo: