Em show privado em Nova York, Lady Gaga reflete dificuldades no início da carreira e encoraja fãs: "Acordei um dia e tinha um Oscar na mão"

Lady Gaga se apresentou ontem (24) no icônico Apollo Theater, em Nova York, em uma performance privada e fez questão de relembrar o início de sua carreira.

Nascida na cidade, a cantora ficou bastante emocionada de fazer, pela primeira vez, um show no emblemático teatro.

“Obrigada, Apollo Theater. Que momento histórico para mim na minha vida. O que importa para o mundo eu não sei, mas para mim, esta é a minha história pessoal e eu vejo todos os seus rostos bonitos e eu sinto vocês.”

http://5jc.0a9.myftpupload.com/madonna-britney-spears-e-lady-gaga-na-lista-de-artistas-femininas-com-mais-albuns-numero-1-confira-o-top-10/

Gaga refletiu os primeiros anos de sua carreira e salientou que foram muito difíceis, com muitos obstáculos e pessoas que tentavam de tudo para boicotá-la.

“Eu era apenas uma garota em um apartamento no Lower East Side, com um teclado, mas é tão bom estar aqui. Eu estou em casa, estou com vocês e sei que gosto de mudar muito, mas vocês sabem, muita coisa não mudou, principalmente o meu profundo amor, respeito e gratidão por todos vocês. Eu costumava sentar no meu apartamento, escrever músicas sobre a fama, músicas sobre meninos, músicas sobre a minha família e eu fiz isso e, em seguida, eles tentaram me derrubar.”

Apesar de tudo, a Mother Monster conseguiu brilhar e trilhar seu caminho até ganhar um Oscar, ainda este ano, pelo smash hit “Shallow”. Ela ainda aproveitou para encorajar os presentes a perseguirem seus sonhos.

“Eu coloquei minha cabeça no lugar, voltei a trabalhar, acordei um dia e tinha a po**a de um Oscar na mão. Você pode fazer qualquer coisa que você coloca em sua mente. Toda vez que alguém diz não, você diz a si mesmo mil vezes mais ‘Sim, eu posso fazer isso’. Eu vou te dizer uma coisa. Eles pensaram que o meu era superficial, mas eu olho em todos os olhos de vocês e sinto este lugar e não há nada no mundo mais profundo do que isso.”

Lady Gaga ainda fez questão de lembrar o mês do orgulho LGBTQ+, celebrado em junho.

Eu gostaria que ele pudesse existir 365 vezes ao ano, mas eu vou fazer uma semana global. Eu aprendi muito ao longo dos anos de todos os meus fãs. Eu me sinto tão abençoada. Obrigada por me mostrarem e me ensinarem.”

http://5jc.0a9.myftpupload.com/mtv-awards-lady-gaga-ganha-mais-dois-premios-pela-mtv-e-estende-recorde-de-artista-mais-premiada-pela-emissora/

 

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<