Em post no Instagram, Regina Duarte questiona: “Quando teremos o Dia da Consciência Branca, Amarela e Parda?”

Em post no Instagram, Regina Duarte questiona: “Quando teremos o Dia da Consciência Branca, Amarela e Parda?”

Então tá bom né? A atriz Regina Duarte causou na manha desta segunda-feira (22) ao publicar um post em seu Instagram considerado de cunho racista. Na postagem, a ex-atriz da Globo questiona quando será criado o dia da “Consciência Branca, Amarela e Parda?, criticando veemente o “Dia da Consciência Negra”, comemorado no dia de ontem (21).

Na postagem, Regina Duarte ainda utilizou o polêmico vídeo de uma entrevista em que o ator Morgan Freeman deu há alguns anos, onde diz que a melhor forma de combater o racismo e não falar sobre o assunto, posição que já revista pelo ator e que hoje é forte aliado do movimento Black Lives Matter.

Na postagem, Regina escreveu:

“Ontem, foi comemorado o Dia da Consciência Negra. Quando teremos o Dia da Consciência Branca, Amarela, Parda? Quanto tempo vamos ainda nos vitimizar ao peso de anos, de séculos de dor por culpas antepassadas”.

A ex-ministra de Bolsonaro ainda foi além e disse que todos são humanos e iguais, mesmo quando ainda temos toda a desigualdade entre pessoas brancas e pessoas de cor.

“Quando vamos parar de olhar para trás e enfrentar o hoje e nós olharmos com a coragem da cara limpa? Maduros, evoluídos, conscientes de nossa luta, irmanados em nossa capacidade, de sermos ? HUMANOS? Simplesmente IRMÃOS?”

A publicação foi curtida por mais de 100 mil pessoas que parecem endossar e concordar com o pensamento de Regina.

Nota do PFBR

Querida Regina Duarte, um povo sem passado, é um povo propício a repetir os mesmos erros em um futuro não muito distante. O tão sonhado “Dia da Consciência Branca” beira a concepção do insano e também extrapola a linha da história brasileira.

Não precisa abrir muitos livros para sabermos quem foi o povo escravizado, abusado, torturado e morto por centenas e centenas de anos e temos certeza que você não vai encontrar nenhum descendente da coroa luso-brasileira sendo inferiorizado e escravizado.

O Dia da Consciência Negra não nos lembra apenas a memória daqueles que foram mortos por um sistema escravocrata, covarde e assassino, mas nos lembra também o quanto pessoas como a Sra. e as outras 100 mil que curtiram seu vídeo, merecem atenção redobrada.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<