Em entrevista, Melody Thornton explica motivos de não retornar ao Pussycat Dolls; confira vídeo e tradução

A alguns dias o mundo pop está uma loucura desde que o The Pussycat Dolls anunciou o seu comeback, e ontem (30), o girlgroup fez a sua primeira performance ao vivo da nova fase, que, apesar de extremamente nostálgica, também foi marcada pela falta de uma de suas integrantes originais, Melody Thornton, que fez parte do grupo de 2003 até 2010 (quando o mesmo terminou).

Todos estavam se questionando sobre qual seria o motivo de Melody ter decidido não voltar para esse comeback tão esperado, já que ela sempre foi uma das queridinhas dos fãs, e a diva acabou concedendo uma entrevista onde essa pergunta foi feita diretamente à ela, e ela respondeu!

Explicando que não se acha uma boa dançarina e que sempre se identificou como cantora, Melody conta que a chance dela cantar no grupo nunca apareceu, então para ela não tinham motivos para voltar. Confira tradução e vídeo:

“O que eu quero para mim e para minhas colegas do grupo é aproveitar a vida. Quando eu entrei no Pussycat Dolls, eu era uma criança e tenho até que explicar isso, hoje eu sou uma exclusivamente uma cantora. Para a Nicole, só faz sentido se ela cantar a maior parte das músicas, e sempre pediam que eu esperasse pela minha vez, algo que nunca veio. E por esse tipo de erro que eu tenho que explicar para as pessoas que eu não sou uma dançarina, aliás sou uma péssima dançarina. Eu sou uma vocalista. Então para mim não há motivos para voltar. Eu não posso mudar isso, eu sou uma mulher crescida. Eu sou uma cantora!”

E aí, conta pra gente, você vai sentir falta dos agudos de Melody nas futuras lives do Pussycat Dolls?