Em entrevista, MARINA se emociona ao falar sobre o racismo e o preconceito que ainda persiste nos dias de hoje: "isso é algo anti-humano"

MARINA deixou bem claro que nesta nova era está disposta a colocar para fora tudo que pensa, de forma emocional e verdadeira. A mudança do seu nome artístico foi apenas uma mínima gota do que vai mostrar com o álbum “LOVE + FEAR” daqui para a frente, e assuntos delicados e que permanecerem como estigmas na sociedade também estão em pauta.

Em entrevista promovendo sua nova fase, além da música “Superstar”, que sai esta semana, a cantora se emocionou ao falar sobre o racismo e como isso ainda repercute pelo mundo sendo algo terrivelmente ruim para os serem humanos.

Ela ainda refletiu nos principais pontos e países que ainda disseminam o preconceito entre raças e clama para que as pessoas sejam mais humanas para com os outros em suas atitudes e no amor.

Confira a entrevista completa em que ela também fala sobre o feminismo, política e o seu novo trabalho:

“LOVE + FEAR” será lançado no dia 26 de abril, e a primeira faixa, “Handmade Heaven”, já está disponível.