Em entrevista, Lady Gaga fala sobre saúde mental e como o novo álbum a ajudou a sair da depressão

Durante entrevista para Apple Music, Lady Gaga conversou com Zane Lowe sobre a sua fase emocional e sobre as canções de seu novo álbum.

A intérprete de “Stupid Love” diz ter colocado seus sentimentos a frente para compor as músicas do novo álbum: “todas as mensagens que ouço do mundo espiritual, o que me mandam contar ao mundo, eu transformei em música que acredito ser divertida e energeticamente muito pura, para que as pessoas dancem e se sintam felizes” – contou Lady Gaga.

A cantora também revelou ter ficado surpresa com o fato de ter feito músicas felizes enquanto estava triste e deprimida. “Tudo estava indo a todo vapor e isso fez eu me sentir feliz, porque pensei comigo mesma, wow, mesmo quando você se sente acabada, você ainda assim consegue funcionar a todo vapor”. – revelou a artista.

Sem poupar os elogios, Gaga falou sobre o produtor Bloodpop e como ele a encorajava a escrever músicas mesmo durante a sua fase triste. “Eu chorava e dizia: ”Me sinto infeliz, triste, deprimida”, e Bloodpop dizia: ”Eu sei, e mesmo assim vamos fazer um pouco de música agora”. E então eu desci e escrevi ”Stupid Love”. “Espero que o amor que me cercou durante o processo de construção desse álbum seja algo que outras pessoas sintam”.

Finalizando a entrevista, Lady Gaga revelou que está definitivamente dançando em seu sexto álbum de estúdio. “Alguém me perguntou outro dia qual era meu objetivo com o álbum, e isso soa ridículo quando falo em voz alta, mas eu disse: ”Eu gostaria de lançar uma música que a maior parcela do mundo ouvirá e se tornará parte de seu dia a dia e que as fará felizes diariamente”.

Complementando sua fala, Gaga falou sobre se sentir mal antes de entrar no estúdio para trabalhar em seu novo álbum, mas que assim que entrava nele e começava a compor, surgia uma imensa felicidade dentro dela.