Em artigo, Billboard refuta todos as acusações do rapper 6ix9ine de que a Hot 100 seja fraudada

Durante o último final de semana, o rapper 6ix9ine acusou a Billboard de fraudar o chart Hot 100. Após a divulgação de sua última atualização na última segunda-feira (18), a revista se pronunciou em um artigo publicado em seu website. Na publicação, cada um dos argumentos utilizados pelo rapper são refutados.

A primeira acusação de 6ix9ine dizia respeito à má contagem total de streams de “Gooba”. A revista refutou dizendo que, combinando áudio e vídeo, foram contabilizadas 55.3 milhões de reproduções durante essa semana e que as contagens visíveis nas plataformas não refletem o volume incluído nos cálculos do chart, nem a contagem que disponibilizada para o autor do conteúdo. Além disso, cada provedor de dados produz uma pós auditoria para a Billboard excluindo streams que não atendam aos múltiplos parâmetros da parada como contabilizar apenas reproduções dos Estados Unidos, ter um tempo mínimo de reprodução, plays excessivos e falta de verificação dos usuários. Isso é aplicado para todas as músicas de todos os artistas. Os 30 milhões de streams que o rapper acusou de não terem sido computados, foram dentro desses parâmetros.

A segunda acusação de 6ix9ine era sobre discrepância entre a contagem de views no YouTube (mais de 180 milhões) e o número de streams que a Billboard contou para a música naquela semana (55.3 milhões). A revista replicou que a contagem de vídeo na página do YouTube diz respeito às visualizações globais e, tirando todos os parâmetros mencionados anteriormente, eles só validam visualizações que acontecem nos Estados Unidos para vídeos.

A terceira acusação do rapper citava a previsão da Hot 100. A revista se defendeu dizendo que essas previsões não são criadas e nem oferecidas pela Billboard para a indústria. Aqueles com acesso à vendas, streaming e dados de rádio, das mais variadas fontes, geralmente criam seus próprios modelos de charts e os atualizam à su maneira também. A revista não distribui nenhuma previsão da Hot 100 para gravadoras, empresários ou artistas.

A quarta acusação dizia respeito ao súbito aumento das vendas de “Stuck With U” em 24 horas. A revista respondeu dizendo que “Stuck With U” foi disponibilizada durante a semana para download digital e em diversas formas físicas nas lojas online de Ariana Grande e Justin Bieber. O súbito aumento nas vendas referente à quinta-feira (14), último dia de contagem do chart, diz respeito à versões autografadas do single, postas à vendas na loja online naquele dia. Uma versão autografada de singles ou álbuns é uma forma aceitável de vendas disponível para qualquer artista e é uma estratégia muito utilizada durante toda a história do chart. 6ix9ine, por outro lado, somente lançou um single não autografado em formato digital na sua loja digital apenas no último dia de contagem. Como foi anunciado, “Stuck With U” vendeu 108 mil cópias e “Gooba” vendeu 24 mil durante esse período de contagem.

Em sua penúltima acusação, 6ix9ine aponta o uso de apenas seis cartões de crédito como responsáveis pelo aumento na porcentagem de vendas de “Stuck With U”, insinuando que a equipe de Ariana e Justin que estava comprando os singles. Sobre isso, a Billboard diz que conduz auditorias em todas as vendas reportadas com alto nível de detalhes e trabalha com parceiros de dados que reconhecem compras excessivas e remove essas unidades de suas vendas totais. Todos os títulos dessa semana, como das demais semanas, foram colocados sobre o mesmo escrutínio.

E, finalmente, o rapper afima que a revista não abriria informações sobre seus dados caso fosse pedida. Em réplica, a revista diz que está aberta a mostrar todos os dados de “Gooba” à equipe de 6ix9ine, assim como explicaria sua metodologia de contagem e como os números totais da música foram calculados. Entretanto, não podem fazer o mesmo com outras músicas que não sejam de sua autoria.

Na atualização dessa semana, “Stuck With U”, parceria de Ariana Grande e Justin Bieber, alcançou o primeiro lugar na Billboard; “Gooba”, de 6ix9ine, terminou em terceiro.