"Eles te escravizam e te derrubam, mas o dinheiro não é a resposta", desabafa Kesha

Na terça-feira, Kesha terá a resposta sobre a liminar que pediu na justiça afim de lançar canções inéditas sem o Dr. Luke, alvo de seu grande processo por abuso sexual e tortura psicológica.

A cantora também pediu ainda na semana passada para seus fãs orassem por ela para que tudo dê certo daqui há dois dias e ainda hoje (24), publicou um desabafo no seu Instagram, falando sobre ganância, dinheiro e ser usada e depois descartada por pessoas próximas do seu antigo trabalho.

“Dinheiro não é a resposta. Fama não é o ponto, para mim, é sobre conexão e amor. E felicidade. E ningúem pode tirar isso. Eles te escravizam e te derrubam. Tiram sarro de você. Te machucam. Até mesmo te matam. Mas ninguém tem controle sobre a sua felicidade. Continue sorrindo. É a melhor vingança.”

O motivo da liminar é apenas parte de todo o problema que está tendo com o produtor nos tribunais.

Em contratos assinados no começo de sua carreira junto com a Sony, Kesha teria que lançar mais três álbuns com o Dr. Luke para poder ser independente dele. Como tudo aconteceu no período das gravações dos seus últimos dois CD’s, Kesha definitivamente não quer mais continuar trabalhando com Luke.

Além do abuso físico e psicológico, ela também acusou o produtor de manipular seus trabalhos e não deixá-la lançar suas canções mais pessoais e emocionais como singles, por exemplo.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets