Ele é o momento! Depois de cantar na final do BBB22, Jão é destaque em matéria no Fantástico

O nome dele é João Vitor Romania Balbino, mas todo mundo o conhece por um nome bem mais curto: Jão.
Atualmente com 27 anos de idade, Jão é o novo fenômeno da música pop brasileira. E sua incrível turnê “Pirata” não deixa espaço para questionamentos. De 24 datas até o momento, 20 foram/estão esgotadas.

Recentemente o cantor se apresentou pela primeira vez no Lollapalooza Brasil 2022 e ficou impressionado ao ver a multidão que o esperava.
Ele falou sobre isso nesse domingo (01) numa entrevista ao Fantástico, da Rede Globo:
Eu achei que ia ter, sei lá, umas três ou quatro fileiras de pessoas ali. Eu não sei quantas pessoas tinha. Eu sei que tinha mais que a população da minha cidade natal.”
Ele se refere à cidade Américo Brasiliense, no interior do estado de São Paulo, com população aproximada de 41.032 pessoas.

Mas a verdade é que o motivo para ter shows lotados, ele conhece bem: “Eu devo muita coisa a internet, mas acho que as pessoas estão muito viciadas com a resposta digital e acho que elas esquecem um pouco de dar a experiência para os fãs e se conectar de verdade. Eu acho que é um diferencial grande da minha carreira, isso que me possibilita fazer shows grandes e tão cheios“, diz Jão.

Na reportagem, Jão voltou à casa dos pais, onde morou por 17 anos e apresentou sua família e seu antigo quarto, que, como ele mesmo diz, foi transformado por sua mãe num altar de presentes dos fãs.
Por lá, Isabela, irmã de Jão, conta que sempre o chamou dessa forma e que ver as pessoas gritando por esse nome hoje, é surreal para ela.
Ao visitar sua antiga escola, o artista tirou gritos espontâneos dos alunos e contou que ali começou a cantar aos 8 anos, mas diferentemente dos outros garotos da escola, não tinha banda, e por isso os colegas tentavam sabotar suas apresentações.
Mal sabia ele todos os lugares que chegaria!

E Paulo Lima, presidente da Universal Music Brasil, já visualizava um futuro brilhante para Jão desde quando o viu fazendo um cover de “Medo Bobo” – da dupla Maiara & Maraisa – na internet.
O dia que escutei essa voz maravilhosa e única na internet, cantando Medo Bobo, eu logo senti que tinha um menino especial!“, diz Paulo, que não para por aí. Em outro momento, ele explica a importância de Jão no cenário: “Jão vem pra preencher uma lacuna, essa carência brasileira de um grande ídolo. E a população quer escutar aquilo que ficou carente, principalmente depois da saída de Renato [Russo] e de Cazuza.”
Que moral, hein!

Pra finalizar, o cantor explica um pouco da conexão com os fãs e ressalta a energia que entrega nos palcos: “É aquela conexão, aquela pisada no palco, pular, é aquele choro, é aquela voz… Tudo acontece ali e só quem está ali sabe o que aconteceu, qual foi a energia“, diz.

Ganhando cada vez mais espaços de grande projeção nacional como vem acontecendo, o que podemos ter certeza é que ouviremos falar muito de Jão ainda.
E que bom!

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets