Edições do Lollapalooza da Argentina e Chile são adiadas indefinidamente devido ao surto de Coronavírus

Com o alastramento do Coronavírus em escala mundial, eventos que reúnam um grande número de pessoas começam a ser afetados. A situação atingiu uma situação alarmante e foi declarada como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com diversos cancelamentos de shows ao redor do mundo, foi a vez das edições argentina e chilena do festival Lollapalooza adiarem indefinidamente sua realização. Ambas as edições aconteceriam nos dias 27, 28 e 29 de março, contando com artistas como Lana Del Rey, Rita Ora, The Strokes, Travis Scott e Guns N’ Roses.

Confira os comunicados:

Segundo o comunicado, a organização do evento está trabalhando para conseguirem realizar o festival no segundo semestre deste ano, mas que a prioridade no momento é a preservação da saúde de todos os envolvidos. Situação semelhante aconteceu com o Coachella, que foi adiado para outubro.

Ainda não há informações sobre a situação da edição brasileira do festival, que acontece no início de abril, mas com a atual situação das edições-irmãs, o adiamento do Lollapalooza Brasil também vem sendo aguardado.