Donald Glover critica falta de visibilidade negra no Grammys e dispara: "na escola tinham pessoas menos talentosas que eu, estudei até com Lady Gaga, e elas estão melhores por conta da pele"

Donald Glover – mais conhecido pelo seu projeto como Childish Gambino – não está satisfeito com sua aparição no Grammys, que aconteceu no final de janeiro.

Em entrevista para o The New Yorker, eles apontou uma série de fatores raciais no qual teria sido desprivilegiado no evento e em sua vida, citando até Lady Gaga com o fato de ter estudado no mesmo local da cantora por um tempo, o N.Y.U, a universidade de Nova York.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/seria-incrivel-diz-kylie-minogue-sobre-colaboracao-com-lady-gaga/

Na ocasião, ele acusou o Grammys de ser omisso em apresentar um melhor material dele no show, apesar de todo o destaque para artistas como Lady Gaga e Pink.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/mesmo-com-as-ultimas-10-datas-canceladas-lady-gaga-termina-joanneworldtour-com-quase-100-milhoes-de-dolares-arrecadados/

Por conta disso, Donald quase não se apresentou no evento e revela que ficou chateado:

“Eu estudei em escola com pessoas brancas que tinham menos talento que eu – porque eu sou talentoso pra c*ralho”, disse ele ao site. “Eles estão fazendo coisas maiores que eu, estudei na N.Y.U com Lady Gaga, inclusive, agora a CBS montou alguns anúncios do Grammys há algum tempo e logo eu, um dos atos mais brilhantes, mostraram apenas um garoto negro em um vídeo que nem sou eu mesmo.”

E completou:

“Eu fiquei tipo, ‘f*da-se isso’, ‘f*da-se eles’, não vou fazer a performance. O triste é que e tive que fazer o show, pois pessoas negras não tem essa chance muitas vezes.”

Na edição desse ano, ele acabou ganhando o prêmio de Melhor Performance Tradicional de R&B por “Redbone”.