Dois anos de "Praying": relembre o single que mudou a carreira de Kesha

Hoje (6), exatos dois anos atrás, estávamos ouvindo pela primeira vez o single que viria a mudar a carreira de Kesha: “Praying”.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/liberada-kesha-lanca-oficialmente-rich-white-straight-men/

A canção, que é uma mistura de balada pop com pitadas de gospel e soul, era uma amostra do que viria em seu terceiro disco de estúdio, “Rainbow” (disco esse que mostrou ao mundo o verdadeiro alcance vocal da cantora), e retrata o momento mais difícil a vida dela: sua briga na justiça contra Dr Luke, homem que ela acusa de estupro.

A loira afirma que essa canção serve para mostrar que “a esperança em todas as pessoas, até mesmo alguém que possa te machucar, pode curar”, sendo assim, essa música é como uma cura para ela. Relembre:

Apesar de não ter atingido grandes picos, o single é muito aclamado e amado pela crítica especializada e chegou a #22 na Billboard Hot 100.

O mesmo ainda rendeu a cantora uma indicação ao Grammy 2018 como “Melhor Performance Solo de Pop” e, mesmo não ganhando, Kesha marcou a premiação com uma apresentação do single, que contou também com os vocais de Camila Cabello, Cindy Lauper, Bebe Rexha, Julia MichaelsAndra Dray, além do grupo The Resistance Revival Chorus.

Conta pra gente, você também se arrepia com a força dessa canção?