COMEÇOU! Estado da Georgia abre investigação criminal contra R. Kelly

Parece que o documentário exibido pela lifetime fez os órgãos de justiça dos Estados Unidos finalmente abrirem os olhos para a cultura do estupro no mercado fonográfico.

Envolvido em diversas polêmicas de estupro de mulheres e supostamente de menores de idade, um recente relatório indicou que o escritório da promotoria distrital do condado de Fulton, Georgia, iniciou uma investigação de escala criminal conta o rapper, graças a série de depoimentos dos sobreviventes que denunciaram os ataques sexuais de Kelly.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/a-musica-era-ruim-e-eu-ja-conhecia-os-boatos-sobre-ele-pai-de-beyonce-impediu-integrantes-do-destinys-child-de-trabalharem-com-r-kelly/

Além da investigação, o advogado da família de Joycelyn Savage, uma das meninas que ainda estavam com o cantor, também foi acionado pela investigador-chefe. O departamento de Illinois também está buscando vítimas para abrir outra investigação.

Já o advogado do rapper, Steve Greenberg, disse que as vítimas deviam se apresentar no dia que sofreram agressões sexuais, colocando em dúvida a denuncia das vítimas

“As pessoas sabem que se são vítimas de um crime, entrar em contato com a polícia é a primeira coisa a se fazer. Ninguém se apresentou ou disse que foram vítimas de qualquer conduta imprópria do Sr. Kelly, isso porque essas condutas nunca existiram”

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<