Com uma vítima de 16 anos em seu espetáculo, internautas pedem cancelamento de Travis Scott nas redes

Com uma vítima de 16 anos em seu espetáculo, internautas pedem cancelamento de Travis Scott nas redes

Travis Scott não é só um dos rappers mais influentes da atualidade, como é também um dos artistas mais influentes da história dos Estados Unidos, normal que todos tenham vontade de assistir ao menos um espetáculo do intérprete de “HIGHEST IN THE ROOM”.

No último dia 5, Travis realizou o primeiro show de uma serie dupla de espetáculos, o “ASTROWORLD Fest”, que contou com a presença de 50 mil pessoas na NRG Arena, em Houston. Infelizmente, o que deveria ser um grande celebração, acabou virando um grande caos, levando 8 pessoas à morte e outras 300 feridas.

Uma das vítimas que estiveram no show de Travis já foi identificada pela polícia e se chama Brianna Rodriguez, uma estudante de 16 anos. Os internautas culpam Travis pelo grande pandemônio causado na apresentação, uma vez que o show não foi interrompido e não teve esquema de segurança efetivo.

A hashtag #canceltravisscott foi parar nos assuntos mais comentados do mundo no twitter:

“Por que estamos tendo festivais durante a pandemia? Eu preciso usar máscara para comprar uma caixa de leite, mas 100 mil pessoas aglomerada está tudo ok?”

“Amigavelmente estou lembrando que o Spotify oferece essa opção (Bloquear Artista). Fod*-se esse cara”

“Eu era o maior fã do Travis Scott, agora só posso concordar com #canceltravisscott .Ele apenas continuou se apresentando enquanto centenas de pessoas estavam sendo feridas. Eu vi um vídeo com uma adolescente subindo no palco pedindo ajuda. Eu acho que a única coisa que ele se importa é o dinheiro”.

“Sabe de uma boa, Travis? Você não merece nada na vida quando está no palco encorajando o caos. Você deve ser removido da indústria. Show do lixo, organizado por um lixeiro, que claramente só se preocupa consigo mesmo.

“Este homem aqui PRECISA ser responsabilizado por ignorar essas crianças traumatizadas que estavam apenas tentando obter ajuda. Precisamos descobrir quem é, Twitter. Considere-o responsável por suas ações negligentes.”

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<