Com presenças de Luísa Sonza, Xamã, Liniker e muito mais, Rock In Rio anuncia lineup em homenagem a edição de 85

Se em 1985 o Rock in Rio nascia para dar voz a uma população após um longo período de ditadura e repressões, em 2022 o festival trará mais uma vez o sentimento de esperança, de reencontro e de paz para a mágica atmosfera da Cidade do Rock.

Foi com este pensamento que Roberto Medina, criador e presidente do Rock in Rio, desenvolveu mais um conteúdo especial para a edição deste ano e encomendou ao diretor artístico do Palco Sunset, Zé Ricardo, um show inédito em homenagem à edição de 1985, que traz à tona toda a simbologia e relevância do reencontro e do encontro, após estes dois anos de pandemia. Chamado de “1985: A HOMENAGEM”, o espetáculo promove um verdadeiro encontro de gerações, com artistas que viveram a primeira edição do evento junto com nomes que são os hits da atualidade e lideram as paradas musicais brasileiras. Ivan Lins, Elba Ramalho, Blitz, Alceu Valença, Pepeu Gomes, Luisa Sonza, Liniker, Agnes Nunes, Xamã e Andreas Kisser serão as estrelas do espetáculo, que acontecerá no dia 9 de setembro.

A ideia para este show nasce a partir de uma carta* que Roberto Medina, criador e presidente do Rock in Rio, escreveu para ele mesmo, como se estivesse respondendo, nos dias de hoje, um texto feito pelo próprio em 1985. Um hiato de 37 anos separa estas duas edições, mas sentimentos semelhantes são revividos, já que, na época, com o término da ditadura em 1984, a população voltou para as ruas, revelando a grande vontade de se reencontrar, se abraçar e estar junto outra vez. Em 2022, o público também está se deparando com um momento bastante aguardado, o da retomada, da volta da vida após um longo período de dois anos de pandemia.

“A vida, de alguma forma, está nos dando a oportunidade de ‘Começar de Novo’, como diz a música de Ivan Lins. O Rock in Rio chega para mais uma edição – na terra onde nasceu e se consolidou como o maior festival de música e entretenimento do mundo – como um verdadeiro parque de experiências, que traz a música como símbolo maior para reunir pessoas, pronto para dialogar em prol da paz e por um único objetivo, Um Mundo Melhor. Assim como em 2022, na primeira edição do festival também tínhamos questões, mas a sociedade se mobilizou e se emocionou. Isso retrata o quanto estar junto é relevante. Está chegando o dia do reencontro e construiremos um novo capítulo de uma história com final feliz, de vida, de superação e de resgate.”, conta Roberto Medina.

O Palco Sunset será o fio condutor desta memória. No show encomendado por Roberto ao Zé Ricardo, fica uma pergunta: como seria o Sunset se hoje fosse 1985? Foi por esta narrativa que o espaço dos encontros, queridinho do público e da crítica, preparou um verdadeiro espetáculo que remonta o sentimento da primeira edição do maior festival de música e entretenimento do mundo. “1985: A HOMENAGEM” será produzido pela ótica de 1985, mas explorando todas as propostas, características e convergências proporcionadas unicamente pelo Palco Sunset.

Parafraseando Medina, Zé Ricardo reforça: “a vida merece ser vivida ao vivo. É mais mágica, mais emocionante e mais atraente” e garante: “a volta do entretenimento está sendo ansiosamente aguardada por todos nós brasileiros e é com este pensamento que estamos preparando um espetáculo que unirá a experiência de 1985 com a alma de 2022. O resultado? mal posso esperar para mostrar para todos”, completa Zé.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets