Com "High Hopes", Panic! at the Disco consegue o primeiro top 10 da banda na Hot 100 em 12 ANOS!

O Panic! at the Disco conseguiu seu segundo top 10 na Billboard Hot 100 esta semana com “High Hopes”. Até aí tudo bem, normal. Porém, a primeira e, até então, única entrada da banda na região foi há 12 anos.

Isso mesmo. O Panic! demorou 12 anos, dois meses e três semanas para conquistar mais um top 10 na parada. O primeiro foi justamente com a primeira entrada de Brendon Uric no chart, com “I Write Sins Not Tragedies”, que atingiu a sétima colocação em agosto de 2006.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/without-me-entra-no-top-5-da-hot-100-e-supera-bad-at-love-como-maior-pico-de-halsey-na-parada-como-artista-principal/

Essa é a maior espera por um top 10 desde Prince, que retornou a região com “Purple Rain” e “When Doves Cry” depois de 21 anos, 11 meses e duas semanas, após a morte do cantor, em abril de 2016.

O recorde quando falamos de tops 10 inéditos pertence a Paul McCartney, que levou 29 anos e duas semanas entre “Spies Like Us” e “FourFiveSeconds”, com Rihanna e Kanye West. Já o recorde absoluto é de Dobie Gray: 30 anos, dois meses e uma semana.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/smash-hit-estavel-thank-u-next-de-ariana-grande-permanece-pela-segunda-semana-consecutiva-na-lideranca-da-billboard-hot-100/

“High Hopes” subiu quatro colocações até #8 na Billboard Hot 100 esta semana, subindo de #6 para #3 nas rádios (95,1 milhões, alta de 17% e maior ganho da semana), de #6 para #4 em vendas digitais (23 mil cópias, queda de 3%) e ganho de 2% em streams, com 12,2 milhões.

O single lidera as rádios rock pela terceira semana e as rádios alternativas ela segunda semana, enquanto sobe de #9 para #4 nas rádios pop e de #5 para #4 nas rádios pop adultas.