Com filme na Amazon, Camilla Camargo comemora canal com 2 milhões de views no YouTube: “Muito feliz e realizada!”

Com filme na Amazon, Camilla Camargo comemora canal com 2 milhões de views no YouTube: “Muito feliz e realizada!”

Com mais de 20 peças no currículo, entre eles o sucesso “Zorro, O Musical”, protagonizado por ela e Jarbas Homem de Melo, e Caros Ouvintes, espetáculo que saiu duas vezes na revista Veja como o melhor avaliado de São Paulo, e trabalhos na TV, entre eles as novelas “Em Família” (Globo) e “Carinha de Anjo” (SBT), Camilla Camargo, que teve trabalhos pausados por conta da pandemia, aproveitou este tempo para tirar um projeto do papel: Um canal no YouTube.

“A ideia surgiu do pedido recorrente dos fãs. O intuito era ter mais um meio de me comunicar, compartilhar experiências de certos assuntos e ter um contato mais próximo com as pessoas que me seguem e curtem meu trabalho.”, conta.

Abordando um pouco de sua rotina e assuntos como carreira, desafios e curiosidades da profissão, maternidade, entre outros, a plataforma também tem servido para reafirmar seu grande talento para a Comédia, que pôde ser visto no sitcom “#PartiuShopping” (Multishow), já que ela monta e interpreta sátiras baseadas em cenários cotidianos. Ultrapassando a marca de 2 milhões de visualizações a atriz não esconde que foi uma surpresa.

“Sinceramente me surpreendeu, como falei anteriormente fiz como uma alternativa para ter uma ligação mais próxima com meus seguidores, um lugar onde eu falaria das coisas que gosto, e o resultado seria consequência. Fiquei extremamente feliz e realizada com a repercussão positiva”.

Tendo a carreira de atriz em primeiro plano, atualmente Camilla pode ser vista na plataforma de streaming Amazon Prime, com o longa “Travessia”, em que atua ao lado de Caio Castro e Chico Diaz, e em breve poderá ser vista no filme “Intervenção”, do mesmo roteirista de “Tropa de Elite” e dirigido por Caio Cobra, em que faz uma participação interpretando Luiza Bastos, uma repórter que está acompanhando o dia a dia das UPPs e acaba lidando com os fatos diários do que acontece na relação delas com a comunidade.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<