Colega de elenco relata que Lea Michele apresentava comportamento abusivo desde criança

Lea Michele tem tido uma semana tumultuada. Nos últimos dias, a atriz steve envolvida em diversas polêmicas após ter seu comportamento, nos bastidores da série “Glee”, criticado por ex-colegas. Lea foi acusada de transformar a experiência de jovens atores negros em um “verdadeiro inferno”, e foi duramente criticada na internet, tendo perdido patrocínios e precisando se desculpar publicamente pelo ocorrido. Depois disso, relatos de comportamento transfóbico também passaram a circular online.

O assunto da vez foi revelado por uma colega de elenco da atriz quando criança. Elizabeth Aldrich contou que foi substituta de Lea no musical “Ragtime”, e sua companheira de palco, na época com 12 anos, era “absulutamente terrível”.

Confira:

https://twitter.com/elund88/status/1268310631288979457

“Eu fui substituta de Lea Michele em ‘Ragtime’. Ela era absolutamente terrível comigo e com todo o elenco. Ela desmerecia a equipe e ameaça fazer as pessoas serem demitidas se algo não a agradasse. Eu chorava todas as noites por causa das coisas manipulativas e malvadas que ela fazia. Ela tinha 12 anos. Ela era terrível”.