Co-fundador do Destiny's Child irá produzir filme biográfico do grupo

Mathew Knowles é frequentemente considerado o fundador do Destinys Child, uma das maiores girlband da história. No entanto, na verdadeira história, o grupo foi fundado por uma mulher chamada Andretta Tillman. Como sabemos, no inicio, o grupo chamava-se Girls Tyme, que era composto por Beyoncé, Kelly Rowland, Támar Davis, Nikki e Nina Taylor, LaTavia Roberson que foram escolhidas em uma audição por Andretta. Após o grupo passar a ser gerenciado por Mathew, LeToya Luckett  substituiu Támar, Nikki e Nina, por isso Mathew é considerado fundador do grupo.

 

Em entrevista para o site Madame Noire, Brian K. Moore revelou que ele estará escrevendo um roteiro e produzindo um filme biográfico do grupo, que será dividido em duas partes, a primeira parte será contada a história do grupo quando criança, quando ainda era gerenciado por Andretta e a segunda parte quando começou a ser gerenciado por Mathew. De acordo com Brian, ele foi co-gestor do grupo no inicio, juntamente de Mathew e Andretta, até que ela morreu, e por isso tomou a iniciativa de produzir o filme.

Moore é autor de um livro que descreve os primeiros dias do Destinys Child intitulado “The Making of a Child of Destiny: O Andretta Tillman Story”.

Quando perguntado se ele tem falado com alguma das integrantes do grupo e como ele acha que o filme será recebido por elas, ele respondeu :

“Eu tenho falado com LaTavia. Eu também falei com Nikki e Nina, duas das outras meninas que estavam no grupo original, o Girls Tyme, mas eu não falei com nenhuma [atual] membro do Destinys Child após o lançamento do livro… Eu acho que o filme vai ser muito bem recebido por elas. É a verdadeira história, do que realmente aconteceu e como tudo veio a acontecer. É uma história que só eu ou uma das meninas do grupo poderia contar.

Moore também disse o que ele espera que as pessoas entendam sobre o filme :

“Bem, eu espero que os espectadores percebam os sacrifícios que foram feitos para colocar o Destinys Child juntos. Havia tantos sacrifícios de todas as famílias, dos pais, assim como os sacrifícios que as meninas fizeram. É uma incrível história de determinação, e de força de vontade de uma mulher em seu último suspiro para conseguir algo como isso. Eu acho que os telespectadores vão ficar surpresos ao perceber que a Beyoncé não ‘acordou assim’ facilmente. Isso foi uma jornada. Isso foi uma luta”.

Brian também revelou que a história de que Mathew teria intimado Andretta para ser o gerenciador do grupo é verdadeira, de acordo com ele, o pai de Beyoncé teria ameaçado tira-lá do grupo, caso não fosse permitido gerencia-ló.

“Quando estávamos na gestão do grupo, o sucesso começou a vir. Andretta fez um trabalho incrível, levando as meninas para o “Star Search” e para frente dos administradores da indústria e todas essas coisas maravilhosas começaram a acontecer. Mathew começou a fazer seu caminho para a equipe de gestão ameaçando tirar Beyoncé, caso não fosse aceito”.

O filme biográfico do grupo ainda não tem data de lançamento ou nem mesmo data para se iniciar ar gravações mas Brian garantiu que as negociações estão praticamente certas.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<