Cinco anos de “Rise” vs. “Make Me…”; relembre

Cinco anos de “Rise” vs. “Make Me…”; relembre

Há cinco anos, exatamente no dia 15 de julho de 2016, duas das maiores popstars da indústria musical realizavam seus respectivos comebacks. De um lado, a princesa do pop, Britney Spears, lançava “Make Me…“, lead single do que mais tarde viria a ser o nono álbum de estúdio da cantora. Do outro, Katy Perry, de surpresa, lançava “Rise“, canção que serviria de tema para as Olimpíadas de 2016, sediadas no Brasil.

Relembre

Rixas entre fanbases sempre foi algo comum dentro do mercado musical, e dessa vez não seria diferente. Katy Perry, que já figurou outro embate como esse lá em 2013, quando “Roar” disputava com “Applause“, de Lady GaGa, pelo #1 na Billboard Hot 100, pegou todos de surpresa com o lançamento de “Rise”. A californiana que, na época, estava sumida dos holofotes desde o término da era “PRISM“, apostava em uma produção mid-tempo eletrônico para seu single de retorno.

Britney Spears, por sua vez, apostava em uma produção com influências no jazz e afrobeat para o single que abriria a era Glory. Parceria com o rapper G-Eazy, marcava também o inicio de uma época turbulenta para a loira. “Make Me…“, originalmente teria um videoclipe explicito, totalmente diferente do que conhecemos hoje em dia, mas, por desentendimentos entre a cantora e sua gravadora, o clipe foi cancelado.

Resultado

No final, ambas as canções tiveram um bom desempenho comercial nas tabelas musicais. “Rise” figurou o #1 no iTunes norte-americano, enquanto “Make Me…” vinha logo atrás, em #2. Já na Billboard Hot 1000, a musica tema das olimpíadas alcançava a #6, seguido da canção de Britney, que figurava a sétima posição. Já no YouTube, Katy conquistou até o momento 195M de views. Já a princesa do pop, se aproxima dos 70M de plays.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<