Chameleo lança remix de “TOKYO” em mais uma parceria com Pabllo Vittar; ouça agora mesmo

Se você achou que a era “ECDISE” já havia sido finalizada, você está enganado. Nesta quinta-feira (4), Chameleo dá continuidade aos trabalhos de seu primeiro álbum com o lançamento do remix de “TOKYO”, ao lado de ninguém menos do que Pabllo Vittar. A faixa, que é uma das mais queridas dos fãs, ganhou nova roupagem luxuosa comassinatura do Cyberkills.

Depois do sucesso da parceria de Chameleo e Pabllo Vittar em “frequente(mente)”, os artistas se unem mais uma vez no remix de “TOKYO”, faixa presente no álbum “ECDISE”, lançado em outubro de 2021 e que já ultrapassaa marca de 10 milhões de plays no Spotify. A música, queganhou clipe e se destacou entre os singles do projeto eem apresentações ao vivo, agora é revisitada com uma pegada mais eletrônica, de pista, e conta com ainda mais versos em japonês, desta vez cantados também pela dragqueen.

“TOKYO” é mais uma música perfeita para juntar novamente os amigos Chameleo e Vittar, já que ambos são apaixonados pela cultura japonesa, que é reverenciada na faixa. Além disso, a música também sempre foi uma das favoritas de Pabllo desde que “ECDISE” foi disponibilizado, como contou Chameleo:

“Pra mim, ter mais uma música junto com a Pabllo é surreal. Depois de ‘frequente(mente)’, em tão pouco tempo, a gente já volta agora com o remix de ‘TOKYO’, que é uma música que é a cara da Pabllo. Desde que saiu o álbum, ‘TOKYO’ é a favorita dela e conversa muito com a nossa paixão poresse universo de anime, pelo Japão. Então, essa músicame representa muito, mas também representa muito a Pabllo, porque fala sobre liberdade e ainda exalta a cultura japonesa, da qual ambos somos fãs. Estou muito feliz com essa nova proposta da música, mais pista, e fazer todomundo dançar e pular.”

A produção do remix de “TOKYO” ficou a cargo do duo CyberkillsChameleo explicou que a escolha pela dupla para o remix foi fácil, já que eles são amigos e sabem fazer o famoso “bate estaca” como poucos. Ele também contou que Gabriel Diniz e Rodrigo de Oliveira, que formam adupla, também opinaram na escolha de Pabllo Vittar para afaixa:

“Pensar em remix é pensar em Cyberkills. Eles sabem fazer um bom ‘bate estaca’ pra pista. Lembro que conversando com os meninos, ainda na ideia de quem poderia unir forças com a gente nesse remix, a ideia de trazer a Pabllo Vittar foi unânime. Quando fiz o convite, ela topou e foi a mesmaemoção que senti lá atrás, quando ela aceitou gravar‘frequente(mente)’.”

Sobre a nova roupagem escolhida para “TOKYO”, oCyberkills explicou:

“Tentamos deixar a música o mais brasileira possível com referências da nossa musicalidade e nostalgias da músicaeletrônica, como sintetizadores característicos do trancedos anos 1990. Percorremos de algumas vertentes do funk para os versos e drop (rave funk e miami bass). Nomomento da Pabllo, referenciamos a música paraense com snares metálicos bastante marcados, como forma dehomenagem às origens da artista.”

Eles ainda contaram que, quanto a sonoplastia, recorreram a efeitos sonoros que remetiam a animes para dar mais veracidade ao fonograma. Por exemplo, sons do famoso desenho animado “Sailor Moon” foram utilizados.

Na capa do remix de “TOKYO”, Chameleo e Pabllo Vittar aparecem em formato cartoon, dando continuidade a mesma estética utilizada na música e exaltando, mais uma vez, os animes japoneses. A arte foi idealizada edesenvolvida pelo duo New Gods, composto por Aquariux eWanderson Lima.

Sobre Chameleo:

Chameleo, é um jovem cantor de 26 anos, nascido em Curitiba, e uma das grandes apostas do cenário pop no Brasil. O cantor é uma eterna metamorfose, sempre pronto para novas descobertas, permitindo-se ao novo, aodesconhecido.

Em outubro de 2021, Chameleo lançou seu primeiro álbum,“ECDISE”, que já ultrapassa a marca de

10 milhões de plays no Spotify e conta com parcerias com Pabllo Vittar, Alice Caymmi, Carol Biazin, Number Teddiee Johnny Hooker.

Válido dizer que Chameleo já possui uma estrada na música, são 4 anos de carreira. Seu primeiro single, “Better Land”, foi lançado em 2017, 1 ano depois de voltar de sua temporada nos Estados Unidos. Já em 2019, lançou o ep“utopiaTABOO”, com 7 músicas, que trouxe para debate afragilidade humana livre, sem julgamentos e pré conceitos.

Além do ep “UtopiaTABOO”, o cantor lançou o single, “Mind Games”, que é um mergulho em uma sonoridade maisdançante e mais sexy. Já “Limbo”, um pop melódico, foi feitodurante seu tratamento de quimioterapia e fala sobre chegarao fundo poço emocional.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets