“Boca de Lobo”: Criolo mostrou a realidade do Brasil no clipe que merece vencer o Grammy Latino

Com o anúncio dos indicados ao Grammy Latino, percebemos como os artistas brasileiros cresceram e ganharam seu devido reconhecimento. No entanto, ainda existem artistas, como o rapper Criolo, que merecem ainda mais visibilidade pelo seu trabalho.

Confira a lista dos indicados à 20ª edição do Grammy Latino

Concorrendo na categoria de “Melhor Vídeo Musical em versão Curta” com o clipe “Boca de Lobo”, o artista trouxe à tona as verdadeiras crises que o país vem sofrendo nos últimos anos.

Repleto de referências, como o incêndio do prédio no Paissandú em São Paulo, escândalo das merendas, helicóptero carregado de drogas e o acidente com a barragem em Mariana, o rapper mostrou um trabalho impecável que nos trás uma reflexão sobre o momento em que vivemos.  

A ideia de ilustrar um Brasil “apocalíptico” sendo dominado por feras gigantes deixou muitas pessoas impactadas, o que as levou a crer que não seria uma realidade tão distante assim.

Contudo, a categoria trouxe dois extremos como concorrentes, de um lado Nego do Borel com o clipe de “Me Solta”, um clipe que estereotipou ao máximo a figura de um gay que vive na periferia, enquanto “Boca de Lobo” mostra sem censuras as deficiências e falhas que são mascaradas pelos controladores do país.

Nem todos os artistas tem a coragem que o cantor teve para criticar toda a sujeira política que reflete de forma gritante as questões sociais do Brasil. Só por esse fato, Criolo é mais do que merecedor do prêmio já que ele usou e sempre vai usar de sua arte para alertar sobre as carências da população e representar sua origem da periferia aonde quer que seu trabalho chegue.

O artista ainda concorre com “Etérea” na categoria “Melhor Canção em Língua Portuguesa”.

Relembre o clipe de “Boca de Lobo”

J Balvin protesta contra a "falta de reggaeton" no Grammy Latino 2019; confira