Billie Eilish revela achar estranho ser considerada a "nova face do pop"

Billie Eilish é um fenômeno que não pode ser ignorado. Após chamar atenção com diversas canções, seu mais recente álbum “When We All Fall Asleep, Where do We Go?” se tornou um dos maiores sucessos do ano tanto em vendas quanto nos charts. Seus shows lotam cada vez mais e suas composições como “bad guy” já são hits que estão na boca do público e de fato deram uma reviravolta na cena pop.

Mas parece que Billie acha isso um pouco estranho. Ao ser questionada pela Vogue Austrália sobre essas definições ela revelou que é esquisito ser definida como “a nova cara do pop”.

Sou muito grata por toda essa admiração e amor, honestamente, eu me tornei insensível a isso. Eu lembro das primeiras vezes que as pessoas me chamavam de ‘o novo rosto do pop’ ou a nova ‘it girl do pop’ ou qualquer outra coisa… e isso meio que me irritou. A coisa estranha sobre humanos é que nós achamos que temos que rotular tudo, mas não temos!

View this post on Instagram

@vogueaustralia

A post shared by BILLIE EILISH (@billieeilish) on

Ao invés de rótulos, Billie Eilish prefere que temas mais importantes possam ser discutidos e que ela possa usar sua voz par isso:

Não quero desperdiçar o meu espaço. Estou tentando não fazer isso, mas acho que todos nós que estamos nos holofotes – ou como quiser chamar – podemos ter mais voz para falar sobre mudanças climáticas e outras coisas que precisam ser discutidas. Eu ainda acho que posso fazer mais.

A estrela de 17 anos tem se mostrado focada em falar de temas realmente importantes, como recentemente em seu Instagram. Billie usou a plataforma para falar sobre os impactos sobre ser vegana. Músicas como “All The Good Girls Go To Hell” fazem referências ao aquecimento global, fato confirmado pelo irmão da cantora, Fineas O’Conell. Fada consciente!

Em estreia de novas paradas da Billboard, Finneas, irmão de Billie Eilish, é o produtor e compositor número #1 da semana