Billboard lista as 10 melhores músicas de Rihanna da era pré-"ANTI"

Rankings.

A conceituada revista Billboard listou as dez melhores músicas de Rihanna antes da era “ANTI“. As escolhas foram diversas, desde seu primeiro álbum “Music Of The Sun” a “Unapologetic” de 2012.

#10 – Diamonds

O sétimo maior single da carreira de Rihanna é uma forte balada com uma das melhores performances vocais já feitas por ela (com uma acirrada competição com “Stay“, outro single do “Unapologetic“.  “Diamonds” pode abraçar as inflexões da pista de dança de uma nova maneira. Com a ajuda de SiaBenny Blanco e StarGate, Rihanna criou um evocativo pop chiclete que não precisa de apelo das casas noturnas pra morar no topo das paradas.

#9 – S&M

Na-na-na, come on” é um inflexível convite de Riri com um refrão sexualmente provativo. A temática dá sequencia à  “Rude Boy”, o single foi um (ainda irresistível) passo para o lado selvagem de Rihanna. Ela aborda o taboo com uma música comercial, fazendo que seja impossível (não importa sua preferência) não cantar com Riri.

#8 – SOS

Pegando a melhor parte do “Amor Estragado” e colocando um toque moderno de afeto loucamente excessivo, “SOS” foi o primeiro topo da Billboard Hot 100 de Rihanna. A faixa intoxicante confirma o status de camaleão da cantora – R&B se funde com o retrô, batida synthpop, combinada com a criação de uma madura faixa para o sucesso internacional.

#7 – Hard

O hino swag de Rihanna achou uma cantora incrementando seu sotaque barbadiano para se juntar aos rosnados urbanos de Jeezy – e isso funcionou. “Hard” foi um single livre, todos os ressoares das batidas e as ameaçadora melodia de cortesia com os colaboradores frequentes The Dream e Tricky Stewart. “Eu não posso deixar você correr pra cima de mim desse jeito”, ela canta, uma auto-defesa como se fosse direcionada à clamante mídia e mais do que nunca à seu recente ex Chris Brown.

#6 – What’s My Name?

Uma comparavelmente canção de amor suave, “What’s My Name?” foi metade de duas colaborações com Drake (sem contar “Take Care“). Ela ofusca o verso dele com uma milha de seu ingênuo refrão, ela ganha afeição reforçada pela bastante contida produção de StarGate. É a canção de RiRi mais cadenciada – influenciada pelo R&B caribenho se tornando romântica e comercial.

#5 – Rude Boy

RiRi puxa as rédeas em “Rude Boy”, a menos explícita de seus sexuais singles (e isso deve ser notado, não sendo como uma acusação de alguém culto, mas como uma rude caribenha equivalente à um “gangster“). Apoiada pelos ecos dos tambores de aço, a cantora insiste em seu poder sexual enquanto mostra suas habilidades e refrões inesquecíveis.

#4 – Only Girl (In the World)

Uma rápida e dançante canção. “Only Girl” é salva de ser um fogo de palha na carreira de Rihanna com um canto insistente. Ela administra para ser autoritariamente sedutora e timidamente diferente, pontuando cada persuasão com um sussurrado “uh” ou “yeah” – combinada com uma música de pulso implacável, é um apelo universal, uma confecção bombástica.

#3 – Pon De Replay

Pon De Replay” pode ter sido o single debute de Rihanna, mas foi construída com uma estrutura impecável. O inegável Lenky, a coragem do crossover com os hits “Get Busy” (Sean Paul) e “No Letting Go” (Wayne Wonder) entre muitos outros. Despojado, sexy e impossível não dançar ao som, esse pop-dancehall é da mais fina qualidade.

#2 – We Found Love

Independente do que você pense de Calvin Harris, a crescente batida house é inegável. É o momento diva de Rihanna – simples, mas imparável. Não se admira que é um dos maiores singles da carreira dela.

#1 – Umbrella

O hino corra ou morra de RiRi é memorável desse primeiro lugar. Uma fácil metáfora e alguns “ellas” depois, o mundo ficou aos pés do feitiço de Rihanna. The Dream e Tricky Stewart compuseram outro hit R&B – e a ajuda de Jay-Z não doeu. Sem dúvidas a música deu uma estabilidade e força mainstream que pode ser demonstrada em números. “Umbrella” permanece como fresca e nova hoje assim como era há nove anos.

>>> Curta o PFBR no Facebook

>>> Agora no @oficialpfbr

Carregar mais tweets