Azealia Banks perde bico em festival após show de xenofobia e homofobia no Twitter

Mais uma vez, a internet está perdendo as estribeiras com a rapper Azealia Banks.

Tudo começou quando ela acusou Zayn, o ex-One Directioner que seguiu carreira solo, de plágio no Instagram, apontando similaridades mínimas entre o novo clipe do cantor, Like I Would, e seu próprio trabalho. Zayn, naturalmente, não gostou nada disso e rebateu a americana, que não é conhecida exatamente por ignorar um bom barraco no Twitter.

azealia

Azealia Banks ressurge do limbo com o dedo no gatilho na mixtape “SLAY-Z”

O resultado foi um festival de impropérios disferidos a Malik, que recebeu dela ataques homofóbicos e xenófobos; sobrou até mesmo um pouco de machismo para a pobre Skai Jackson (14), que tentou apaziguar a situação mas, segundo Banks, só tem uma “carreira” na Disney porque sua mãe usou de métodos não-convencionais para tal.

Como punição indireta pela própria intolerância, que incluiu ainda uma série de tuítes apoiando Donald Trump, Azealia foi removida hoje da lista de atrações do festival da Rinse FM, na Inglaterra, já que eles pregam amor ao próximo e igualdade e não concordam com o “jeito Azealia” de se levar a vida:

Banks ainda não comentou a perda da oportunidade de trabalho, mas esperamos futuros comentários a respeito, como é característico da própria.