Azealia Banks acusa industria musical de hipocrisia por se aliar ao movimento anti-racista; entenda

A rapper Azealia Banks voltou a se envolver em mais uma polêmica. A cantora usou sua conta do Instagram para acusar a indústria da música de hipocrisia. Segundo ela, essa mesma industria se coloca como apoiadores do movimento “Black Lives Matter”, mas nos bastidores apostam no tom de pele para atrapalhar a carreira de artistas.

Visando apenas ganhos financeiros, Banks acusa em seus stories que essa industria critica algumas celebridades afro-americanas por publicar postagens nas redes sociais condenando o racismo, enquanto os mesmos apostam nesses artistas para atrapalhar a carreira de seus ‘rivais’.

A cantora fez esse pronunciamento, após se dar conta de que em 2016, quando foi agredida por Russel Crowel, ninguém se comoveu com suas acusações e logo, foi chamada de louca. No entanto, a situação agora é completamente diferente.

Confira: