ATUALIZADO: Demi Lovato critica doação de Taylor Swift para Kesha: "faça algo mais relevante"

Com a notícia que Taylor Swift doou cerca de 250 mil dólares para Kesha na manutenção de seu processo conta Dr. Luke, parece que nem todas ficaram satisfeitas com a ação da intérprete de “Blank Space”.

Mãe de Kesha agradece Taylor Swift por doação de 250 mil dólares para cantora 

Taylor Swift doa 250 mil dólares para ajudar Kesha em seu processo contra Dr. Luke

Demi Lovato, que tinha se manifestado sobre empoderamento feminino na madrugada de domingo (21), publicou uma mensagem suspeita em sua conta no Twitter minutos depois da notícia sobre Kesha e Swift ser compartilhada na internet. Segundo ela, dinheiro é algo pequeno em meio a uma declaração ou algo que judicialmente poderia ser feito no Capitol Hill, local mais poderoso dos Estados Unidos, onde fica localizada a Casa Branca, sede do governo.

cats

Tuíte de Lovato, que corre risco de ser deletado depois da repercussão negativa

“Faça algo no Capitólio ou fale alguma coisa publicamente, aí sim eu ficarei impressionada”, publicou.

Lovato também curtiu esse tweet, em que uma garota afirma que “dinheiro não é a resposta” em meio a sua publicação:

Atualização (03:55) – Uma conta no Instagram de um fã da Taylor Swift resolveu publicar um print do tweet de Demi e criticá-lo. Após isso, a própria cantora resolveu acrescentar mais informações em seu argumento nos comentários, confirmando que a mensagem era mesmo sobre a ação de Swift para Kesha.

Confira o que ela disse abaixo:

Demi Instagram

“Eu peguei isso do @pitifulswift. O fato de que Demi tirou a atençao do problema REAL que é a Kesha e pôs para si mesma e o que parece ser uma nova “rivalidade” realmente mostra sua verdadeira face. Orgulhosa de você @taylorswift por doar dinheiro para ajudar a Kesha durante esse tempo.” Publicou um usuário na rede.

Em seguida, Demi retrucou:

“Como assim eu tô desviando o foco pra mim? Pelo menos eu tô falando sobre isso. Não é todo mundo que tem 250.000 pra simplesmente dar para as pessoas. Adoraria mas eu não cresci com dinheiro e eu não faço o tanto que ela faz. Pelo menos eu falo sobre coisas desconfortáveis de se falar ao invés de tentar ser politicamente correta todo o tempo”

“Não tem ‘rivalidade’. Eu apenas ligo mais do que outras pessoas e preferia dialogar sobre mulheres falando sobre estupro do que doar dinheiro pra uma pessoa.”

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<