Ataques terroristas podem ser realizados durante exibições de "Coringa" nos Estados Unidos

Após ter muitas críticas positivas alavancando o filme e a estrela da trama Joaquin Phoenix a possivelmente serem indicados ao Oscar, o filme “Coringa” infelizmente está no foco de uma questão super importante e perigosa ao mesmo tempo, afinal, o Exercito dos Estados Unidos emitiu uma nota, alertando a todas as pessoas que fossem assistir a produção nos cinemas, que tomassem cuidado pois há riscos de certo atentado terrorista durante a exibição do filme.

“Corram se possível. Caso você fique preso, se esconda e fique em silêncio. Se um atirador te encontrar, lute de todas formas que você conseguir”, trecho do e-mail enviado as pessoas que pretendiam assistir “Coringa”.

Vale ressaltar que no começo dessa semana, o próprio Exército confirmou o envio de mensagens de extremistas classificados como “incels” (“celibatários involuntários”). Por fim, mediante a situação super apavorante, a Warner Bros. Pictures publicou uma nota, fazendo referência ao massacre da cidade de Aurora em 2012, onde um atirador de 24 anos, usando uma máscara de gás, disparou diversos tiros dentro de uma sala de cinema, provocando 12 mortes:

A violência das armas na nossa sociedade é um tema crítico, e estendemos nossa empatia mais profunda para todas as vítimas e famílias impactadas por essas tragédias. Nossa companhia tem uma longa história de apoio às vítimas dessa violência, incluindo as de Aurora e, nas semanas recentes, nossa subsidiária se uniu a outros líderes locais para aprovar uma lei para que essa epidemia seja contida.

Após todo ambiente tenso devido as mensagens e da publicação das notas oficiais, os familiares da vítimas do massacre estão extremamente preocupados com o que possa acontecer em alguma das sessões do filme.