Assediador de Taylor Swift ganha novo programa de rádio sob pseudônimo

O mundo acompanhou no ano passado o processo de Taylor Swift contra o radialista David Mueller, que assediou a cantora nos bastidores de um show da “Red Tour” nos Estados Unidos, em 2013. Na época, ele tinha sido demitido de onde trabalhava e havia culpado a intérprete de “End Game” pelo acontecimento.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/uma-das-personalidades-do-ano-para-time-taylor-swift-concede-entrevista-falando-sobre-seu-caso-de-assedio-sexual/

Agora, meses após o fim do caso, a foto de David aparece no site de rádios dos EUA com outro nome, Stonewall Jackson. Ele agora tem até um programa matinal próprio em outra estação, Jackson & Jonbob. Fãs de Taylor estão questionando a contratação do profissional nas redes sociais da rádio KIX-92.7.