Ariana Grande compartilha storie irônico sobre racismo de usuário sobre "7 Rings" sem entender e tem que se explicar no Twitter

Como já dizia Michael Jackson, quanto maior a estrela, maior o alvo, né gente?

Sendo a artista musical feminina mais famosa do momento e a que está charteando melhor nas paradas com seus lançamentos, Ariana Grande vem sendo bombardeada de polêmicas por todos os lados.

Depois de ser acusada de plágio por dois rappers de uma vez só em relação a sua música nova “7 Rings”, agora chegou a vez dela se envolver indiretamente em uma nova discussão nas redes.

Entendendo o contexto…

Em “7 Rings”, Ariana fala sobre cabelos e o poder de compra que tem sobre diversas coisas. Antes, ela já vinha sido acusada de apropriação cultural sobre algumas expressões na música e essa parte:

“Gostou do meu cabelo? Caramba! Obrigado, eu comprei! Eu vejo isso, eu gosto disso, eu quero isso, eu consigo isso!”

Além disso, mulheres negras compram perucas para “esconder” os cabelos naturais do preconceito que a sociedade tem com o crespo, sendo assim, muitas pessoas acharam o tom de “poder comprar os cabelos que quiser” egoísta por parte da estrela pop como “garota branca”.

No calor da divulgação, ela compartilhou um storie de um usuário ouvindo a música sem perceber que o que foi escrito nele soou irônico e crítico a isso.

Seguido do trecho da música acima e a apropriação cultural de comprar os cabelos que estão na “moda”, a ironia da usuária sobre a forma “fútil” na visão de Ariana em meio aos acontecimentos de segregação racial que acontecem diariamente, principalmente para mulheres negras que precisam usar perucas para evitar racismo, compartilhado pela popstar, tomou um rumo diferente.

“Mulheres brancas falando sobre seus cabelos é como nós resolvemos o racismo”

Compartilhando o storie irônico sem entender, Ariana acabou afirmando um discurso de “superioridade” em relação ao que foi dito e negligência quanto a esse estigma de raça (como se não se importasse para o problema do racismo quando afirma na música pode comprar quantos metros de cabelo quiser e se apropriar da cultura alheia sem pensar nos outros) e teve que se desculpar no Twitter respondendo um perfil no Twitter.

“Sinto muito se minha resposta ficou fora de contexto. Obrigada por me ouvir e falar comigo sobre isso.”

Neste sábado (19) Soulja Boy usou seu Twitter também para reivindicar direitos autorais sobre a música em meio as semelhanças do single com a sua “Pretty Boy Swag”.

http://5jc.0a9.myftpupload.com/depois-de-ser-acusada-de-copiar-rapper-em-7-rings-na-internet-soulja-boy-usa-twitter-para-reivindicar-direitos-autorais-na-musica-de-ariana-me-de-meus-creditos/

“7 Rings” já bate quase 40 milhões de visualizações no YouTube.

>>> Curta o PFBR no Facebook

Siga o PFBR no Twitter <<<