#AqueceGrammy: Relembre dez encontros musicais incríveis

A 62ª edição do Grammy Awards, o “Oscar da Música”, como é conhecido, acontece no próximo domingo (26 de janeiro). A edição, que presenteia os destaques musicais do ano nos mais diversos segmentos, promete ser inesquecível para os fãs da música pop. Como destaque, nesse ano, temos os jovens Billie Eilish, Lizzo, Lil Nas X e Ariana Grande, que dominam a lista de indicados.

Para fazer o aquecimento da premiação, o Portal Famosos Brasil traz para vocês momentos icônicos e memoráveis de anos anteriores em uma série de listas especiais. Ao amantes da música, especialmente do pop, aproveitem a nostalgia.

Nessa lista, trouxemos alguns dos encontros musicais mais inesperados que o Grammy já recebeu

Beyoncé & Prince – “Purple Rain/ Baby I’m a Star/ Crazy in Love

Na edição de 2004, Prince subiu ao palco para cantar dois de seus maiores hits, “Purple Rain” e “Baby I’m a Star”, no entanto, a apresentação contou com a participação especial de Beyoncé que abrilhantou ainda mais as músicas. O medley ainda teve samples de “Crazy in Love”, fazendo o público ir a loucura com a mistura de vocais, coreografia e os solos de guitarra.

Black Eyed Peas & Justin Timberlake – “Where is the Love?

Também em 2004, a premiação recebeu o grupo Black Eyed Peas que performou junto com Justim Timberlake a canção “Where is the Love?”, a performance teve como introdução cenas de guerras, trechos de noticiários falando sobre crises mundiais, fazendo com que a plateia refletisse com relação a humanidade que era considerada perdida por muitos.

Usher & James Brown – “Caught Up/ Sex Machine

O que acontece quando se une dois ícones da dança e do gingado? Foi o que aconteceu na edição de 2005 quando Usher cantou e dançou ao lado de James Brown que dividiram o palco na canção “Sex Machine”, um dos maiores hits de Brown.

Lady Gaga & Elton John – “Poker Face/ Speechless/ Your Song

A edição de 2010 contou com uma performance eletrizante que Lady Gaga fez ao cantar seu hit “Poker Face” e depois aparecer com Elton John, ambos sujos de fuligem, em um piano duplo para cantarem “Speechles” e “Your Song”. Esse foi sem dúvida, um dos maiores encontros que o Grammy recebeu.

Link Park, Jay-Z & Paul McCartney – “Numb/ Encore/ Yesterday

Na edição de 2006, o Grammy recebeu Jay-Z e Link Park que performaram juntos a faixa “Numb/ Encore” no álbum conjunto lançado por eles em 2004 e em seguida receberam a ilustres presença de Paul McCartney que cantou alguns versos de “Yesterday”.

Beyoncé & Tina Turner “Interlúdio/ What’s Love Got to Do With It/ Better Be Good To Me / Proud Mary

Na edição de 2008, Beyoncé subiu ao palco para apresentar um interlúdio onde fala de suas referências como Dianna Ross, Whitney Houston e Aretha Franklin, a narração tinha trechos de “Irreplaceable” e “Deja Vu”, logo a musa convidou ao palco Tina Love Got to do With It” e “Better Be Good To Me” em seguida, Beyoncé retornou para que as duas cantassem juntas a eletrizante “Proud Mary”.

Lady Gaga & Metallica – “Moth Into Flame

Na edição de 2017, o palco do Grammy recebeu aquela que seria uma das parcerias mais chocantes que a premiação já teve. Com muitas chamas, Lady Gaga e Metallica cantaram juntos a faixa “Moth Into Flames”. A performance se tornou um marco para ambos, principalmente para Gaga que pode mais uma ve comprovar sua versatilidade musical no palco do Grammy.

Madonna & Gorillaz – “Fell Good/ Hung Up

Na edição de 2005, a premiação pode vivenciar um encontro épico entre Gorillaz e Madonna, a banda que tem como integrantes personagens animados marcou presença através de hologramas, além de cantar o hino “Hung Up”, a rainha do pop interagiu com os integrantes.

Imagine Dragons & Kendrick Lamar – “Radioactive/ Maad City

Em 2014, o grupo Imagine Dragons se juntou com Kendrick Lamar para uma mega performance que uniu as faixas “Radioactive” e “Maad City”, a performance contou com uma mega produção de luzes e fumaça, além de pó vermelho que tingiu a roupa dos artistas durante o show.

Celine Dion, Usher, Jennifer Hudson, Carrie Underwood & Smokey Robinson – “Eart Song” (Tribo à Michael Jackson)

Na edição de 2010, ano seguinte à morte de Michael Jackson, o Grammy reuniu Usher, Jennifer hudson, Smokey Robinson, Carrie Underwood e Celine Dion para prestarem uma homenagem ao rei do pop. Com projeções em 3D, que seriam utilizadas na turnê “This Is It” de Michael, os artistas entoaram a faixa “Earth Song”.

Gostou dessa lista, lembrou de alguma parceria que ficou de fora? Conta pra gente qual o seu feat favorito que já aconteceu no Grammy e qual você ainda sonha ver um dia.