#AqueceGrammy: 1999, o ano em que as mulheres dominaram a premiação

A 62ª edição do Grammy Awards, o “Oscar da Música”, como é conhecido, acontece no próximo domingo (26 de janeiro). A edição, que presenteia os destaques musicais do ano nos mais diversos segmentos, promete ser inesquecível para os fãs da música pop. Como destaque, nesse ano, temos os jovens Billie Eilish, Lizzo, Lil Nas X e Ariana Grande, que dominam a lista de indicados.

Para fazer o aquecimento da premiação, o Portal Famosos Brasil traz para vocês momentos icônicos e memoráveis de anos anteriores em uma série de listas especiais. Ao amantes da música, especialmente do pop, aproveitem a nostalgia.

Nessa retrospectiva trouxemos em especial a 41ª edição da cerimônia que ficou conhecida como o “Grammy das Mulheres”, pois os maiores destaques da noite foram mulheres.

Realizada no dia 24 de fevereiro de 1999, no Staples Center em Los Angeles, a premiação rendeu cinco estatuetas para Lauryn Hill como “Artista Revelação” e também em “Álbum do Ano”, sendo o primeiro disco de hip-hop a vencer essa categoria. Vale lembrar que nesse ano só mulheres concorreram ao álbum do ano.

Madonna ficou com a responsabilidade de abrir o prêmio com a performance de “Nothing Really Matters“, a diva também levou pra casa quatro prêmios nessa noite.

Enquanto isso, Alanis Morissette, Shania Twain, Dixie Chicks, Vince Gill e Celine Dion levaram para casa dois prêmios, as duas estatuetas de Celine foram pela faixa “My Heart Will Go On“, trilha sonora do filme “Titanic“.

Sobre o autor: /

Redator do PFBR, dançarino, e fã de música (@guto_aa)