Após exames, P!nk e seu filho de 3 anos são diagnosticados com COVID-19; saiba detalhes

A COVID-19 não para de acometer pessoas ao redor do mundo e recentemente a cantora pop P!nk entrou para o grupo de portadores da perigosa doença.

A cantora já vinha apresentando preocupações com o contágio nas redes sociais, principalmente depois que os Estados Unidos apresentaram mais de 245 mil pessoas infectadas com o novo coronavírus. P!nk e sua família acabaram sendo atingidos pela doença, e a cantora falou sobre isso, mas acalmou os fãs, afirmando que todos já estão bem neste momento:

“Há duas semana, meu filho de três anos, Jemeson, e eu começamos a sentir sintomas da COVID 19. Felizmente, nosso plano de saúde tem suporte para testes e eu testei positivo para o coronavírus. Minha família já se recolheu e desde então estamos apenas ficando em casa, seguindo as instruções do nosso médico. Há alguns dias testamos novamente e estou muito agradecida de meu teste ter dado negativo para a presença do vírus”.

P!nk ainda não poupou ataques ao governo americano, culpando a alta taxa de contágio aos governantes do país:

“É falha do nosso governo não termos uma ampla acessibilidade para os testes do coronavírus. Essa doença é altamente séria. As pessoas precisam saber que essa doença afeta jovens e idosos, pessoas com boa ou má saúde, ricos e pobres e nós deveríamos ter direito a esse teste de forma grátis e amplamente acessível para proteger nossos familiares, filhos, amigos e toda a nossa comunidade.”

P!nk finalizou o desabafo doando cerca de 1 milhão de dólares para ajudar no combate ao vírus:

“Eu estou doando 500 mil dólares para o Temple University Hospital Emergency na Filadélfia em homenagem a minha mãe, Judy Moore, que trabalhou por 18 anos na cardiomiopatia e no Centro de Transplante de Coração. Também estou doando 500 mil dólares para o prefeito da cidade de Los Angeles para ajuda na crise da COVID-19. Obrigado a todos por todo o cuidado médico dos profissionais e a todos neste mundo que estão trabalhando duro para proteger quem nós amamos. Vocês são nossos heróis. Essas próximas semanas serão cruciais, por favor fiquem em casa. Por favor fiquem em casa!”