Após descredibilizar Nicki Minaj em sucesso de “TROLLZ”, 6ix9ine fala sobre Tupac: “ele estuprou e é amado”

O rapper 6ix9ine vem dando algumas declarações bem polêmicas sobre sua carreira, seu episódio que envolveu prisão por pedofilia e também sobre seus sucessos, mas pelo que parece, as citações de Tekashi tem causado uma certa indgnação no público .

Recentemente, o intérprete de “GOOBA” causou a ira dos fãs de Nicki Minaj após dizer explicitamente que o sucesso da faixa “TROLLZ” não teve influência de Nicki Minaj. A música atingiu o topo da Billboard Hot 100 e 6ix9ine justificou dizendo que Minaj não tinha nenhum sucesso solo, por isso não foi responsável pelo sucesso da faixa.

Agora recentemente, em uma outra entrevista, Tekashi voltou a polemizar, desta vez, envolvendo o nome do rapper Tupac Shakur. Em entrevista ao The New York Times, 6ix9ine se comparou ao rapper Tupac Shakur, assassinado em 1996 na cidade de Las Vegas. O jornalista do New York Times, Joe Coscarelli questionou ao rapper colorido sobre a acusação de pedofilia em 2015, no qual o rapaz de 24 anos, (19 na época) se declarou culpado, ao aparecer com uma garota de 13 anos em atos sexuais e se ele acreditava que merecia a fama que tem, apesar de seus crimes anteriores.

Para responder a pergunta do jornalista, Tekashi usou o rapper Tupac como exemplo, que também foi acusado por estupro em 1994:

“Tupac foi condenado por estupro. Tupac Shakur é amado ou odiado? Amado! Qual é a diferença entre mim e o Tupac Shakur? Nunca fui acusado de estupro, nunca.”

Vale lembrar que 6ix9ine é testemunha chave contra uma perigosa gangue americana, onde concordou em cooperar com os federais após uma série de ofensas cometidas por seus ex-colegas membros do Nine Trey Bloods, incluindo sequestro, relações sexuais com sua até então namorada e roubo de dinheiro que ganhava em shows.