Após campanha racista, The Weeknd rompe contrato com a marca de roupas H&M

The Weeknd acordou hoje (8) com uma imagem bem desagradável. Uma criança negra com um moletom escrito “o macaco mais legal da selva” estava estampada no site da H&M, marca de roupas com quem o canadense trabalha desde o ano passado.

Com a campanha racista, Abel rompeu o contrato com a empresa e comunicou a decisão aos seus fãs por meio de suas redes sociais. O cantor havia lançado uma coleção em parceria com a marca no ano passado e estampado várias publicidades.

“Acordei esta manhã chocado e envergonhado com essa foto. Estou profundamente ofendido e não trabalharei com a H&M mais”.