Após Anitta confrontar emenda que retira direitos autorais de compositores, deputado volta atrás

A semana começou conturbada para a classe dos músicos e compositores e tudo isso, devido a uma Medida Provisória estabelecida pelo deputado do PSB/PE, Felipe Carreras. Segundo informações, a emenda que foi adicionada a MP 948 trata de cancelamento de serviços e de eventos dos setores de turismo e cultural em decorrência do coronavírus, alterando a cobrança de direitos autorais em eventos públicos e privados.

Segundo Carreras, a proposta vai ser benéfica para a classe artística, mas Anitta e diversos outros compositores discordaram do político e a intérprete de “Rave de Favela” foi obrigada a convidar o deputado para uma live que aconteceu na data de ontem (05).

O clima acabou esquentando durante o debate e Anitta pontuou dizendo que o deputado não estava do lado da classe artística e em pouco mais de 50 minutos de live, a musicista optou por encerrar a transmissão e se despediu do político afirmado que ambos não conseguiriam chegar ao fim do debate.

 “Eu não acho que você esteja, e essa é uma coisa que a gente não vai concordar, e a gente não vai acabar esse debate jamais. Então, obrigada pelo seu tempo, a gente continua aí lutando, você puxa daí, a gente puxa daqui, e vamos ver o que acontece”

Nesta tarde de hoje, Anitta publicou em seu Instagram uma boa notícia para a classe dos compositores. A emenda incluída na MP proposta por Carreras foi retirada de ação pelo menos momentaneamente, para que pontos sejam revistos e que através do diálogo com outros artistas, para que possa ser justa para todos.